quarta-feira, agosto 25, 2010

Tarde de aventuras em Itaipava

Ultimamente, almoçar fora não tem sido uma tarefa fácil. São duas crianças, com idades diferentes e com enorme necessidade de atenção, sem contar que não existe criança neste mundo que goste de ficar sentada em mesa de restaurante. Portanto, comer fora com a turminha lá de casa a tira colo, é quase uma maratona!

Outro dia, fomos ao restaurante Tempero com Arte em Teresópolis e foi uma tragédia! Estávamos com a Bianca e o Wagner, que também tem 2 filhos, sendo uma menina de 6 e um bebê de 11 meses. O restaurante estava cheio, as crianças impacientes, os bebês chorando, Duda querendo peito... Socorro!!!! Tive vontade de me desintegrar daquele lugar, morri de vergonha da confusão que causamos naquele restaurante tão aconchegante e acolhedor da serra, acho que os outros clientes da casa tiveram vontade de nos trucidar!!!

Exatamente por esta problemática, tenho procurado opções alternativas, que consigam tornar à hora das nossas refeições do fim de semana menos traumática. Restaurantes que oferecem parquinho e brinquedoteca têm sido os nossos prediletos, pois conseguimos ficar na mesa, apenas com a Duda – que muitas vezes dorme no carrinho- enquanto Gui fica brincando no parquinho. Assim costuma dar certo.

Um restaurante que nos atende bem aqui no Rio, é o Outback. Lá, eles tem uma salinha cheia de brinquedos e almofadas pelo chão. Para entreter ainda mais os pequenos, eles tem televisão passando exclusiva mente o canal Discovery Kids, o melhor enfeitiçador de crianças que eu conheço!!! Dá para se deliciar com uma costela e com um chope tranquilamente.

Para ter certeza que está tudo sobre controle, eu sempre escolho uma mesa bem perto da salinha de brinquedos, assim consigo ver o Guilherme e monitoro um pouco melhor a brincadeira. Eles também oferecem brinquedos educativos de madeira para as crianças levarem para a mesa, caso não queiram ficar longe dos seus pais. Também é oferecido papel e giz de cera para os que se distrai colorido e desenhando.

Neste fim de semana, estivemos em Itaipava e depois de muito sassaricar na feirinha de Itaipava, nos deparamos com o tradicional dilema de onde almoçar em paz com as crianças. Escolhemos o restaurante Vagão, que fica dentro do Shopping Estação.

O restaurante em si, não tem nenhum tipo de atividade infantil, mas se localiza estrategicamente de frente para uma área de recreação infantil com aventura! Guilherme adora!

Eu prefiro sempre oferecer o almoço dos pequenos mais cedo (Duda as 10:50h e Gui às 11h como é feito durante a semana na escola), de preferência ainda em casa, assim fico mais livre para almoçar no fim da tarde com o Fábio, do jeito que agente sempre gostou de fazer. O fato de já ter metade da família alimentada na hora de seguir para um restaurante, aumenta muito as chances de obter sucesso nesta aventura familiar.

Sentamos em uma mesa bem na porta e de frente para a janela principal que dá vista para o parque, portanto nós e Guilherme pudemos nos olhar e trocar muitos tchau e beijos durante todo o tempo do almoço e da brincadeira.

O parquinho de aventuras é um circuito que contém tirolesa, big jump, pula-pula e parede de escalada. Paga-se um valor por um determinado tempo de brincadeira e os monitores encaminham as crianças que passam por todas as atividades.

Olha a cara do safado e me diz, como vai ficar o meu coração de mãe quando esta criatura destemida tiver 18 aninhos? Vai saltar de pára-quedas ou de asa delta, no mínimo!!!

DSC01344 DSC01346 DSC01352 DSC01353 DSC01356 DSC01357

Dudinha também já mostra o seu interesse pelo diz respeito a aventura, ficou ameaçando as suas primeiras engatinhadas na base do big jump por uns bons minutos. Sorriu e brincou por ali, depois resolveu investigar o mosquetão que estava pendurado perto dela e achou a peça engraçadíssima! Tentou até dar uma provadinha básica para saber o sabor que tinha, mas eu, obviamente reprimi a pequena gulosa, que atualmente, até chinelo quer colocar na boca... Uma mãe tem que ter que cuidar até de onde deixa os seus sapatos!!!

DSC01365 DSC01362 DSC01364 DSC01367 DSC01372 DSC01376 DSC01379xDSC01382 DSC01380

Enfim, nosso programinha foi ótimo! E fica aí uma boa dica para um sábado de Sol, pegar o carro, subir a serra, fazer umas comprinhas com preços super convidativos na feirinha de Itaipava e rumar para um belo almoço de final de tarde no Vagão. Quem topa?

quinta-feira, agosto 19, 2010

Quem tem amigos tem tudo!

Desde que comecei a escrever aqui neste blog, ha muito tempo, no início da gestação do Gui em 2006, que ganhei muitos amigos. Amigos reais, passaram a saber de nós pela internet, alguns amigos se tornaram mais amigos por conta da internet, novos amigos chegaram e eu ganhei muitos amigos virtuais. Mas o mais legal de tudo isso, é que alguns dos amigos que ganhei virtualmente, tinham tanta afinidade comigo e foram se tornando tão íntimos que passaram de virtuais a reais, e hoje eu posso dizer que divido a minha vida com alguns deles.

Como a Pri foi assim... Ela já lia o meu blog a mito tempo, mas um dia resolveu passar por cima da vergonha que sentia em acompanhar a minha vida e me mandou um e-mail. Na verdade era quase um testamento! Ela me contou a vida dela e todas as afinidades que existiam entre as nossas realidades. Eu imediatamente respondi aquele e-mail e em pouco tempo descobrimos que trabalhávamos na mesma empresa!!! Que mundo pequeno!!! Foi uma questão de dias para que marcássemos o nosso primeiro almoço juntas.

De lá para cá, foram muitos almoços, muitas idas ao Saara, festinhas dos nossos filhos... As crianças se conheceram e imediatamente ficaram amigas, os maridos – para nossa total sorte – descobriram um prazer em comum... beber cerveja! A Pri foi conhecendo os meus amigos, a minha família e eu os dela.

No meio desta caminhada, ela também criou um blog – com total apoio meu, é claro! – fizemos cursos de decoração de bolo e cupcake... Pensamos em fofurices para as festas dos filhos, mil fofurices trocadas todos os dias...

É, a Pri entrou para hall das minhas melhores amigas, não tenho dúvida! O que eu não sabia, é que ela ia tirar alguns dias de férias e eu ia sentir tanta saudade da danada! Ela foi para os EUA e durante estes dias eu fiquei acompanhando os passos dela pelo blog....

Hoje, depois do trabalho, nos encontramos para um choppinho e eis que ela chega cheia de presentes, para toda a família!!!!

Me diz se esta minha amiga não é uma fofa?!

DSC01336 DSC01337 DSC01342DSC01343DSC01340DSC01338 DSC01339  DSC01341  

Pri,

Acho que nunca te disse isso, mas desde o seu primeiro e-mail eu tive certeza, você estava chegando para ficar!Eu estava certa, estamos aí, mais unidas a cada dia e tenho certeza, esta amizade fará uma longa caminhada!

Muito obrigada pelos presentes, eu, Fabio, Gui e Duda amamos muito, não apenas os presentes, mas o carinho de ter pensado na gente durante as suas férias... Tomara que no próximo vôo que vocês fizerem para os EUA, nós realmente estejamos junto!!!

quarta-feira, agosto 11, 2010

8 meses de Dudinha

O tempo está passando e a pequena Dudinha já não mais tão pequena assim! Hoje ela completa oito meses e a cada dia nos encanta mais com o seu jeitinho meigo e carinhoso de ser.

Mesmo quando está resfriadinha, como é o caso de hoje, ela não perde a alegria e nunca nos incomoda. Ela é realmente uma criança encantadora!

Ela está prestes a começar a engatinhar, senta firme e já se vira de todas as maneiras possíveis, de sentada passa a deitada e já consegue ficar praticamente de quatro. Se deitada em um travesseiro alto, tem força no abdome para se sentar sozinha.

Na fala, já ensaia mais do que os primeiros gritinhos, já se fazendo entender por seus dadas. Há quem diga que daquele boquinha vai sair papai primeiro, mas eu, mãe egoísta, continuo ensaiando o mama todos os dias e não perco a esperança!

A alimentação de Dudinha já é bastante abrangente, na escola come praticamente tudo, inclusive arroz amassadinho, caldinho de feijão (sem caroço), legumes macios em pedacinhos bem pequenos e já aceita até os primeiros pedacinhos de carne moidinha. Frutas, come quase todas, com exceção de abacaxi e morango, que só serão liberados depois do primeiro ano.

Ontem cheguei em casa do trabalho e corri para a cozinha, quis preparar eu mesma, os bolinhos para cantar parabéns hoje. Preparei cupcakes de fubá com recheio de doce de leite com coco, que por sinal ficaram uma delícia! Minha filha merece este meu carinho... Por sinal, deixo aqui registrado o meu amor de hoje e sempre em uma pequena carta para você.

Filha,

Eu fico emocionada só pensar no quanto você me fez uma pessoa mais feliz com a sua chegada. Quando, depois do nascimento do seu irmão, eu acreditei que já tinha alcançado a maior felicidade que uma pessoa poderia alcançar, veio você para me mostrar que eu estava errada. Sou muito mais completa e mais feliz agora que tenho você comigo!

Cuidar de você e do seu irmão é sempre o meu maior prazer! Seja como e quando for!

Agora que você já está ficando um bebezinho mais esperto, já podemos brincar e interagir mais a cada dia. Fico impressionada como você consegue ficar tanto tempo entretida com seus brinquedinhos, enquanto Gui faz bagunça pelo chão da casa e monopoliza a minha atenção, depois que volto do trabalho. Acho que você gosta tanto de estar em nossa companhia, que basta estar ao nosso lado que você já está satisfeita!

Seu irmão, que no início tinha o ciúme e não se interessava muito em brincar com um bebê recém nascido, hoje já te curte de montão e faz questão de te inserir nas brincadeiras. Acho um barato o jeitinho que ele tem de falar com você com no melhor estilo “ta-ti-bi-ta-ti” como se ele já fosse um menino grande. Ele aperta as suas bochechas fofas e solta “- Minha Dudinhazinha, fofinha, gostosinha.” Amo presenciar estas cenas de amor explícito entre vocês!

Mesmo você ainda sendo um bebezinho, eu já me pego pensando no futuro da nossa relação. É como se eu soubesse, mesmo antes de você existir, que estávamos predestinadas a sermos melhores amigas. Tenho certeza que estaremos unidas sempre! Eu sinto isso! Quero que você esteja sempre ao meu lado, em todas as situações. Quero que você seja minha parceira de assuntos para mulherzinhas, quero ir com você ao shopping, ao salão, quero poder bater papo e dividir as minhas angústias com você. Claro que seu irmão também estará sempre ao nosso lado, mas não creio que ele queira dividir estes assuntos e programas tão femininos conosco, não é mesmo? Acho que ele vai preferir andar de moto ou bicicleta com o pai...

Seu sorriso é tão sincero e cativante que eu não nunca consigo resistir! Sabe que você me ganha mais no sorriso do que no choro? Quando você descobrir esta arma, todos nós estaremos nas suas mãos!

Parabéns pelos seus 8 meses Dudinha, que toda a felicidade que tem sido a vida ao seu lado ,seja apenas uma amostra grátis do que temos pela frente para viver! Te amo muito!

Mamãe