terça-feira, julho 29, 2008

Um fim de semana na fazenda....

No último fim de semana fizemos um passeio incrível, fomos para um hotel fazenda com o pessoal da hidro. Como não poderia deixar de ser foi fenomenal! O nome do hotel em que nos hospedamos é o Serra Castelhana e eu recomendo de olhos fechados! Um hotel muito gostoso, extremamente bem cuidado, quartos arejados, novos e bem limpinhos, comida deliciosa e uma equipe de funcionários de primeira! Um lugar perfeito para soltar as crianças e descansar com os amigos.
Chegamos lá por volta de 7h de sexta e nos encontramos com algumas famílias que chegaram mais cedo no restaurante do hotel, era hora de oferecer o jantar aos pequenos, graças a Deus Guilherme é super bom de boca e esta tarefa é sempre moleza para mim. Depois de alimentados soltamos os pequenos e começou a brincadeira, pelo chão do restaurante haviam vários bichos de madeira e imediatamente eles viraram brinquedos aos olhos da criançada que se esbaldou sentando no porquinho e brincando com a Cocó. Aos poucos todas as famílias foram chegando e nós num papo gostoso que foi brindado com uma cerveja geladíssima! Lá pelas 9h rolou um bingo e papais começaram a se animar, enquanto mães fofocavam e os bebês e brincavam. Conforme o cansaço ia batendo na criançada as famílias foram se recolhendo para recarregar as baterias e aproveitar o dia seguinte.

Na manhã de sábado acordei bem cedo, tomei um banho e encaminhei pai e filho para o chuveiro bem rapidinho para aproveitar bem o dia, fomos para o café da manhã que era fabuloso, um monte de guloseimas, bolos biscoitos, pãezinhos e queijos bem fresquinhos feitos lá mesmo! Depois de engordar umas graminhas seguimos para o parquinho com as crianças, o piso do parque era todo em areia, bem limpinha, parecia até que estávamos na praia! Foi a oportunidade de muitos dos bebês pisarem na areia pela primeira vez, como foi o caso do Pedrão que se amarrou na novidade! Roberto pai do Pedro encarnou o Bob o construtor e passou horas fazendo um mega castelo na areia e não foi só ele que entrou no espírito da brincadeira não Fabio não perdeu a oportunidade de subir nos brinquedos e tentar descer no escorrega. Os brinquedos deste parque eram todos feitos com toras de madeira envernizada e tinha um paisagismo que chamou minha atenção com várias palmeiras e uma grama muito verdinha. Alguns pais e filhos aproveitaram para olhar os bichinhos mais de perto já que a casinha deles era bem ao lado parque. Tinha pato, ganso, galinha, codorna, peru, pavão, coelho, preá, boi, vaca, cavalo... Ufa! Era uma bicharada! Guilherme não teve medo de nada! Ficou super interessado nos animais, chegou a colocar o dedinho dentro da gaiola do coelho e no viveiro dos patinhos, uma graça! Lá pelas 11h os papais debandaram para o campo de futebol e nós ficamos na areia do parquinho, só que Sol começou a ficar muito forte e aos poucos fomos migrando para a brinquedoteca, uma área coberta lotada de brinquedos para a criançada, piscina de bolas, quadro negro, mesinha, cadeira, lápis, papel, gangorra e muito mais! Os pequenos ficaram enlouquecidos! Pouco depois do meio dia a fominha deles já dava sinais de vida, então cada um respeitando o seu horário foi subindo para o restaurante, depois que todas conseguiram alimentar seus filhotes os pais começaram a chegar do futebol para que pudéssemos revezar para nós almoçarmos.

Depois do almoço coloquei o biquíni para tentar aproveitar o Sol, mas Gui acabou cochilando e meu plano foi por água a baixo, pois quando ele acordou não estava mais quente o suficiente para irmos a piscina, aproveitamos então um pouco mais da brinquedoteca e fomos dar uma volta de trenzinho pelo hotel com o pessoal. Como Gui pegou no sono mais uma vez resolvi também dormir um pouco para estar recarregada para a programação da noite. Era dia de festa junina e teríamos um casamento na roça. Arrumei o pequeno de caipira mas não me animei de colocar a minha fantasia, todos prontos na sala de televisão do hotel quando chega o pessoal da animação intimando eu e Cristina a participarmos da esquete teatral, escolheu as pessoas certas! Eu e ela topamos a brincadeira e corremos para o quarto para colocar nossa indumentária, vestido caipira nas duas! Fábio e Marconi ficaram hilários com um terno pequeno em cima da camisa xadrez e para completar uma galinha de verdade em baixo do braço! Guilherme e Lucas participaram da brincadeira e entraram no casamento no colo e não reclamaram um só minuto! Depois do casamento a festa rolou solta com direito a banda ao vivo tocando muita musica boa para a galera dançar, a mesa de comidas típicas dispensa comentários e tinha de tudo! Lá pelas tantas teve um parabéns para todos os aniversariantes inclusive os de casamento e no nosso grupo tinham vários casais aniversariando, inclusive eu e Fabio, depois do parabéns rolou até “New York, New York” e “Sing in the Rain” o povo se acabou de dançar! Nós dançamos em três e Gui apagou no fim da música, colocamos no carrinho e aproveitamos para curtir a noite pé de valsa.













No dia seguinte infelizmente já acordamos com gostinho de fim de festa, afinal era dia de ir embora... Mesmo assim estávamos cheios de energia e fomos para a piscina direto do café, estava fazendo um dia lindo! Fábio levou o Gui no passeio “Alimentando os animais” enquanto eu e Cristina ficamos a beira da piscina curtindo o Sol, colocamos o tapete no chão e armamos a piscina de bolinhas para a criançada brincar por ali e assim ficamos até a hora do almoço. Teve ainda um concurso de quem acerta o número de feijões dentro do pote e avinha quem chegou mais perto? Fábio que deu o chute de 3.800 grãos, nós ganhamos um queijo de minas feito na fazenda. Na hora do almoço dos pequenos pedi para esquentar os potinhos da sopa da bisa e ofereci ali na beira da piscina mesmo, logo depois Gui tirou mais um cochilo e era hora de curtir mais um pouquinho, logo depois almoçamos, tentamos tirar uma foto do grupo, mas infelizmente Eloah fez numero 2 na hora da nossa fotografia e acabamos ficando sem uma foto do grupo completo.

A turma da hidro é toda muito legal e acho tão bonita esta amizade que cresceu dentro de nós e principalmente dentro dos pequenos, cada um com sua característica... Ana Clara foi a primeira a nascer e é a mais loirinha do grupo, muito sapeca já está falando tudo e anda com as roupas mais lindas (filha de Gisele e Luciano), depois veio o João Gabriel o mais branquinho e loirinho dos meninos, parece até filho do meu Fabio (risos), também já está falando tudo até mesmo “sapo pururu” (filha da Cristine e do Fabio), a Bárbara é a mais perua das meninas, fofa demais e igualzinha a mãe no jeito de ser, bem mulherzinha (filha da Simone e do Cláudio), Pedro parece um rapazinho, sabe onde fica a cabeça, a orelha e as demais partes do seu corpo e dá beijinho e aperta a mão de todos que solicitam (Filho da Andréa e do Roberto), Eloah é da Tuma dos tranqüilos, tá sempre observando tudo com os olhos bem atentos e não pode avistar seu amigo Mateus que abre o maior sorriso (filha de Luciene e Márcio), Mateus é o nosso super bebê, é também o mais comportado, não pode ver sua amiga Eloah que abre aquele sorriso (filha da Carla e do Darci), Lucas é o mais espoleta da turma, o melhor amigo de baby Gui tem lhe ensinado a ele em detalhes todas as suas artes (filha dos nossos amigos inseparáveis Critina e Marconi), Camille a caçulinha da turma é a nossa miss simpatia, está sempre com um sorriso no rostinho (filha da Marcelle e do Junior). Essa é a nossa turminha, todos lindos e cheios de saúde para brincar e tornar nossas vidas ainda mais coloridas.
Voltamos desta viagem com a sensação boa que uma viagem perfeita deixa no coração e um enorme gostinho de quero mais, tomara que não demore muito para o próximo evento chegar!

sexta-feira, julho 25, 2008

Fotografando em casa – primeiro teste

No último domingo aproveitei a dica da Mic em prática e fiz uma seção fotográfica com baby Gui lá em casa. Escolhi como local a parte mais clara da casa e montei a traquitana. Usei duas poltronas como suporte para o lençol branco que usei como “fundo infinito” e deixei Guilherme bem à vontade sobre ele, o pequeno estava vestido com o pijaminha que a Tia Cris deu no aniversário.
Na verdade o resultado não foi exatamente o que eu queria e ainda tem muitas coisas que não estão funcionando, por exemplo o lençol que usei era de linho branco, então a trama deste tipo de tecido fica muito evidente, acho que uma malha vai dar melhor resultado (mas quem disse que eu tenho um lençol branco de malha?) também acho que o tecido deveria ser maior para ficar espaçoso e agradável para o pequeno; a claridade do local não foi suficiente, pois em alguns momentos o automático da minha máquina (H50 da Sony) entrou em ação e gerou sombra, outra coisa que não gostei quanto a iluminação é que o lençol pareceu escuro, como se tivesse algo preto por trás acho que isso se deu pela casa estar apagada, acho que se o fundo estivesse aceso teria um resultado bem melhor. No mais este foi apenas o primeiro teste, da próxima vez vou vesti-lo com uma roupinha de cor contrastante e dar um bom banho para pentear o cabelo e limpar bem o nariz! Aguardo comentários de todos com dicas!
Vou ficando por aqui, pois dentro de mais duas horas nós vamos colocar o pé na estrada, vamos passar o fim de semana em um hotel fazenda com o pessoal da hidro. Imaginem só 9 famílias que se conheceram durante a gestação em uma turma de hidrogestante um ano depois com seus bebês fofos e saudáveis todos juntos por um fim de semana inteiro, isso será inesquecível!!! Volto em breve com fotos e novidades.

segunda-feira, julho 21, 2008

Primeiro susto de verdade

Este final de semana Guilherme me pregou o primeiro susto de verdade, estávamos na sala eu e ele enquanto o pai preparava algo na cozinha quando de repente eu vi o pequeno pendurado no carrinho de bar que tínhamos na sala, não dava mais tempo de nada, só vi os vidros escorregando e quebrando pelo chão, gritei o nome dele e pedi que não se mexesse (não que ele entendesse exatamente o que eu dizia), peguei o meu bebê nos braços o mais rápido que pude para acalmá-lo, eu tremia mais do que ele. Graças a Deus ele só sofreu um arranhãozinho de nada perto da orelha, mas poderia ter se machucado muito feio, tinha muito vidro espatifado! A algum tempo atrás nós havíamos eliminado as garrafas e vidro da parte debaixo do bar, mas como ele ainda não alcançava as garrafas da parte de cima nós o mantivemos assim.
Não satisfeito com o feito, no Domingo quando fomos almoçar com o pessoal do colégio na casa da Ju, ele aproveitou uma piscada de olhos minha para jogar um potinho de cristal da tia Zeila no tapete, que é lógico, virou pó de vidro. Para piorar eu acabei cortando o dedo ao catar os caquinhos.
A profecia se tornando realidade, exatamente como as amigas mais experientes avisaram o mais trabalhoso estava por vir... Quem foi que disse que cuidar de um recém nascido dá trabalho? Eu que sempre levei a maternidade numa boa estou vendo que vou passar por uma canseira nesta etapa que acaba de iniciar... Filho homem é isso aí...

sexta-feira, julho 18, 2008

Projeto hibrido 2 – Álbum CD

Depois do fatídico projeto do chaveiro que apesar dos mil contratempos deu certo e ficou lindo, parti para outro projeto, preparar um álbum para nossa viagem de férias. Recebi uma mala direta da Shabby Princess com um álbum CD que achei fofíssimo, aí não pensei duas vezes e coloquei a mão na massa! Desta vez deu tudo certo de primeira, apesar de ter usado papel comum para a impressão (no chaveiro mandei imprimir em papel 120g), na hora que colei o papel no CD achei que o miolinho estava estufando e deixei uma noite as páginas soltas dentro de um livro bem pesado, quando fui olhar pela manhã estava tudo bem perfeitinho sem rugas e sem estufado, aí foi só colocar a argola e as fitas. Tenho que confessar que fiquei com um trauma danado do verniz em spray que comprei pois quando usei no chaveiro que já estava todo pronto o papel reagiu e virou pó! Já imaginou depois de tudo pronto você coloca o verniz deixa secar e quando vai ver seu trabalho está todo estragado! Na verdade o que aconteceu é que usei o verniz em um dos lados e deixei secar, pela manhã na pressa fui envernizar o outro lado e acho que não balancei o suficiente e aí só saiu solvente destruindo todo o meu trabalho... Outra coisa que achei foi que o verniz fosco que comprei não dá um acabamento tão bom, pois na verdade ele só impermeabiliza, mas nem parece que está envernizado. O Semi-brilho que minha scrap consultora Beta usou deu um acabamento mais bonito por conta do brilho que deixou no papel. Vivendo e aprendendo... Amanhã é dia de scrapencontro, volto em breve com as fotos e fofocas do evento!

Bodas de Flores e Frutas

Dia 16 de Julho eu e Fabio completamos 4 anos de casados, descobri que chamamos esta data de bodas de Flores e Frutas ou bodas de Cera. O tempo passou muito rápido, parece que foi ontem que nos conhecemos naquela manhã ensolarada em Itaipava... Hoje somos uma família e o pequeno Guilherme é mais belo fruto deste amor.

Para comemorar almoçamos juntos para ter um tempinho sem o pequeno por perto, brindamos com uma garrafa de vinho, uma delícia! A noite pegamos o pequeno passamos no mercado e compramos algumas coisinhas e fomos para casa preparar nosso jantarzinho, colocamos um DVD e abrimos outra garrafa de vinho enquanto o pequeno brincava na sala. Infelizmente na idade de Guilherme é necessário dar atenção, ele ainda não gosta de brincar sozinho e nós estávamos deixando o pequeno de lado, ele foi ficando irritado e não conseguiu dormir até quase meia noite! Conclusão pais cansados e irritados tentando colocar um bebê para dormir... Para nossa sorte na noite seguinte foi aniversário da minha Tia avó e a minha avó teve a estupenda idéia de levá-lo a festa, aí finalmente tivemos um tempinho só para nós! Fomos obrigados a abrir outra garrafa de vinho para degustar junto com um queijinho especial tudo já previamente trazido de nossa viagem de férias ao Sul do Brasil. Comemoração perfeita!

terça-feira, julho 15, 2008

Indo ao Barbeiro...

Este fim de semana Guilherme cortou o cabelo pela primeira vez. Eu na verdade nem achava que precisava, mas como o pai precisava cortar as madeixas e só o faz no mesmo barbeiro em Petrópolis a mais de 30 anos, não tive argumentos e deixei o pequeno seguisse os passos do pai. Chegamos em Petrópolis já estava anoitecendo, passamos rapidinho na minha sogra para trocar de roupa, pois estava muito frio por lá e quando saímos do Rio com roupa de verão e seguimos para o centro onde fica a tradicional barbearia. Primeiro Fábio cortou o cabelo e fez a barba, com navalha no melhor estilo novela de anos 60, enquanto eu e Gui brincávamos de bolinha de sabão – lembrancinha do aniversário da Nicolle – Por sinal vale lembrar que ele aprendeu a soprar e conseguiu fazer sua primeira bolinha de sabão neste dia! De pois foi a vez do pequeno que sentou numa boa na cadeira da barbearia, o barbeiro pegou um avental para crianças amarelinho e vestiu meu quase ex-bebezinho, ele ficou observando atento tudo o que acontecia. Depois começou a cortar os cachinhos, ai que peninha que me deu! Não satisfeito, como meu filho é um santo o velhinho passou a máquina para fazer o pé e a costeleta, eu posso com isso? Você pensa que ele chorou, reclamou ou ficou irritado, que nada! Continuou amarradão brincado com a escova de cabelo.
Ta aí o resultado, não ficou com cara de homenzinho?

segunda-feira, julho 14, 2008

Projeto híbrido - chaveiro

Semana passada andei envolvida em um projeto híbrido, um chaveiro sugerido no srapblog um tempo atrás, como vida de mãe não é mole eu tive que fazer tudo aos pouquinhos conforme a boa vontade de Guilherme e do Fabio, pois é humanamente impossível fazer alguma coisa com um pequeno pedindo atenção. Entre erros e acertos finalmente meu chaveiro saiu e cá entre nós, ficou lindo!!!! Que tal?

sexta-feira, julho 11, 2008

Fotos da Festa de 1 ano

Semana passada a Studio C Produções entregou as fotos e a filmagem da festa de 1 ano do Guilherme, o resultado foi simplesmente estupendo! O DVD tem uma abertura muito legal com um desenho animado do tema de circo e temos uma retrospectiva com fotos dos melhores momentos da vida dele desde a minha barriga, as músicas de fundo e a edição também estão ótimas! As fotos ficaram incríveis, mais de duzentas imagens do mega evento! Deixo aqui uma provinha para vocês.













quarta-feira, julho 09, 2008

Batizado

Finalmente Guilherme deixou de ser pagão! Na manhã de Sábado dia 05 de Julho de 2008 realizamos o batizado na Igreja Santo Cristo dos Milagres, a mesma em que eu e Fabio nos casamos. O Celebrante foi o padre Leidio que fez uma cerimônia rápida e bonita. Os padrinhos foram meu pai e minha tia Verônica e os padrinhos de consagração foram minha irmã Fernanda e nosso amigo Marconi.
Tia Rafa presenteou o pequeno com as fotografias do evento, ela chegou bem cedinho na igreja e registrou tudo com o maior carinho e é lógico as fotos ficaram lindas!
Depois da cerimônia almoçamos na casa da minha mãe, o menu foi bobó de camarão e estava uma delícia!
Papai e Mamãe
Delfim e Verônica - Padrinhos de Batismo

Marconi e Fernanda - Padrinhos de Consagração