quarta-feira, julho 29, 2009

Consulta de 18 semanas

Semana passada, tive mais uma consulta de pré-natal com o Dr. Renato Sá. Estava bem ansiosa principalmente por conta da fatídica subida na balança, apesar de saber que tinha me controlado ao máximo nos últimos 30 dias, conheço bem a minha facilidade para fazer o ponteiro da balança subir. Como a balança lá de casa andou sem bateria, a minha última referência de peso já tinha algumas semanas e eu não tinha idéia de qual era o meu peso.

Fui para a consulta direto do trabalho e chegamos a Perinatal da Barra em uma hora e vinte minutos! Tem sido um sufoco dar continuidade ao pré-natal na nova sede da clínica, inclusive aproveitei para conversar com meu obstetra sobre a possibilidade de trocar de médico e voltar a ser atendida em laranjeiras. Na verdade, ele não vê problema algum, diz que confia nos médico de lá e disse que eles trabalham em equipe. Eu é que no fundo não fico nem um pouco confortável em pensar em trocar de obstetra a esta altura do campeonato...

Inevitavelmente tive que passar pela parte mais cruel das consultas, a verificação do peso. Para a minha total surpresa a balança marcou exatos 67,100 kg. Isso significa apenas 1,200 kg em um mês e um total acumulado de 3,600 kg ganhos desde o início da gestação! Para quem da outra vez já tinha ganho pelo menos uns 10 kg, ta ótimo!!! Agora, que fique bem claro que foi por conta de muito esforço da minha parte, pois tenho me controlado todo o tempo para não exagerar, tenho evitado doces, frituras e carboidratos, cortei o refrigerante praticamente todo, enfim tudo muito diferente da minha outra gestação que seguiu o melhor estilo “pé na jaca total”.

O ônus deste controle acirrado todo foi uma queda nos hematócitos em 6 pontos - é normal cair uns 3 pontos, mas meu médico achou 6 muito. Também a há a possibilidade de termos um erro do laboratório. – Portanto passei a tomar 2 comprimidos de materna por dia e tenho que caprichar mais na proteína durante as refeições. Como apareceu outra coisinha estranha no meu exame de sangue, tive que repetir em outro laboratório. O resultado sai nesta sexta.

Ele ainda fez uma ultra bem rapidinha, apenas para verificar os batimentos do coração do bebê e certificar de que tudo está bem com a pequena. Também aproveitamos para reafirmar que é uma menina! A medida da barriga também está normal apesar de me parecer infinitamente menos do que a outra, por motivos óbvios...

Agora só volto lá no mês que vem e ainda aproveito para fazer a ultra morfológica, tudo no mesmo dia para otimizar meu tempo que é sempre curto.

Assim que estiver com o resultado dos exames na mão, volto com novidades sobre o barrigão!

Ah! Quanto a foto do barrigão, prometo que neste fim de semana tiro algumas bem bonitas para mostrar para vocês.

segunda-feira, julho 20, 2009

Mudamos!

Finalmente, depois de uma longa espera, de seis meses acampados na casa da minha mãe, neste sábado nos mudamos para nosso novo lar!

O fim de semana foi de muita ralação, pois não contratamos uma equipe de mudança, afinal nossas coisas estavam a apenas alguns metros de distância. – lá na garagem da casa da minha mãe, que fica na mesma rua do apartamento – Além disso, também vendemos quase todos os nossos móveis, então foi levar fogão, geladeira e as malas!

Eu fiquei com a arrumação dos armários e para isso tive toda a ajuda da Maria. – que trabalha na casa da minha mãe desde que sou pequena – Meu primeiro passo foi ir a uma papelaria e comparar material para forrar os armários, por sinal isso vai me render um belo post lá no criative-se sem dúvida nenhuma! Comprei papel glacê para forrar o fundo das gavetas e as prateleiras, na cor preta para o meu quarto e branca para o quarto das crianças. O acabamento ficou por conta de um adesivo, daqueles usados para artesanato, que usei para fazer o arremate da parte da frente das prateleiras... Depois mostro fotos e dou detalhes de como fazer. Levei quase o dia todo com esta parte da arrumação!

No fim da tarde ainda deu tempo de dar o meu toque na arrumação dos armários da cozinha, que apesar da impressão inicial de muito compacto, acomodou muito bem todas as nossas coisas.

Fabio ficou por conta de todas as instalações da casa, antena, fogão, máquina de lavar e mais alguns pequenos ajustes que ele adora fazer.

Já no sábado tomamos o primeiro banho no novo banheiro e já dormimos na nossa cama novinha e cheirosa! Claro que para uma data tão especial eu tinha reservado um jogo de lençóis e toalhas, tudo isso na caixa e com direito a laço de fita! Na verdade ainda no natal de 2008, depois de comprar o apartamento, mas bem antes de conseguir mudar, minha mãe e minha irmã nos presentearam com estes mimos, que foram guardados com todo o carinho para o grande dia...

Domingo comecei a abrir as malas, vou contar que quanto olhei para todas aquelas roupas tive vontade de desistir! Redobramos tudo, separamos algumas coisas que precisavam ser passadas e algumas outras que precisavam ser lavadas e branqueadas. Esta foi hora de dar “a limpa” e passar adiante tudo aquilo que estava encalhado há muito tempo e que não tem mais uso. Dar as coisas que não usamos é bom em vários sentidos e dizem que ainda faz a energia fluir! Que nesta casa só tenhamos energia positiva!

Fechamos o fim de semana pedindo comida pelo telefone, pois nossa geladeira só tem água e olhe lá! Estávamos mortos de cansaço, mas muito, muito felizes!

Que Deus abençoe o nosso novo lar! Que ele seja palco de muita felicidade para nossa família!

OBS: Edito este post hoje a noite e coloco as fotos da nossa maratona!

quinta-feira, julho 16, 2009

Bodas de Madeira

Hoje faz cinco anos que em uma linda noite de sexta-feira, eu e Fabio dissemos “sim”.


Tudo passa tão rápido... Me lembro como se fosse ontem daquela noite, em que estávamos juntos ali, na igreja Santo Cristo dos Milagres em um bate papo delicioso com o simpático padre Navarro. Naquele dia prometemos muitas coisas um para o outro, não sei se todas as promessas são cumpridas sempre - como por exemplo a de não colocar a TV no quarto – mas certamente as mais importantes nos lembramos sempre e procuramos cumprir a risca!


Lembro bem de algumas promessas que são especialmente marcantes para mim, como nunca deixar que o Sol se ponha antes que tenhamos feito as pazes. Na verdade, não somos um casal que briga muito, na minha opinião não brigamos quase nunca - Fabio já acha que descordar é brigar, diferente de mim - mas nas poucas vezes em que isso inevitavelmente aconteceu, sempre colocamos o nosso pingo no “I” antes que o dia amanheça. Mesmo que para isso tenhamos que conversar por horas até chegar a um denominador comum, sempre nos acertamos no final.


Outra que eu também acho linda e absolutamente essencial, é nunca se esquecer de dizer “Eu te amo”, claro que com a vida corrida que levamos estas palavrinhas mágicas se perdem no meio da correria, mas nós nos policiamos sempre! Se por algum motivo um esquece, o outro logo lembra e fala. Eu acredito que este tipo de coisa alimenta o nosso amor dia após dia, de uma forma que nem percebemos, mas que é de suma importância! Uma coisa engraçada é que dizer “Eu te amo” pega! Juro! Vira vício e contamina quem está ao redor! O pequeno Guilherme já faz parte do time e sempre repete as palavrinhas mágicas tanto para mim quanto para o pai, nós aproveitamos sempre este momento gostoso para não apenas afirmar nosso amor ao pequeno, como para declamar o amor que existe entre nós.


Neste tempo passamos por muita coisa juntos, tempos de vacas gordas, tempos de vacas magras, viajamos, saímos, trabalhamos, tivemos um filho lindo e estamos esperando outra – uma menina, - compramos nossa primeira casa e estamos construindo ali cada detalhe para completar o nosso sonho, nosso lar! Nestes cinco anos, nós construímos uma família linda e descobrimos o caminho da nossa felicidade e é neste trilho que vamos seguir sempre!


O tempo passou muito rápido e hoje já comemoramos bodas de madeira! Tenho certeza que quando piscamos estaremos comemorando bodas de prata e se Deus quiser de ouro também!

Fábio, meu amor, este post é dedicado a você e ao amor lindo que vivemos dia após dia, e que nos faz sentir a felicidade até mesmo nas pequenas coisas da rotina. Estar ao seu lado é sempre o meu maior prazer! Feliz aniversário de cinco anos de casamento! Te amo muito!

terça-feira, julho 14, 2009

Gelado de Paçoca

Apesar do fim de semana bem caseiro, tivemos uma festinha Junina no domingo para fechar com chave de ouro o nosso descanso. Foi uma festinha restrita a família e amigos, organizada pela Rafa, minha amiga querida e sempre presente aqui no blog e lá no Criative-se.

Encontramos lá com a Chris e o Godinho, pais da Carol, grande prometida de Guilherme desde a barriga. Os dois brincaram e correram até o fim da festa, e antes de irmos embora até rolou um beijinho roubado, uma graça! Detalhe especial para a jaqueta de couro que Guilherme ganhou da vovó. Diz que não está uma coisa!!!







Como o acordo é que cada um levasse um prato típico, aproveitei para colocar em prática a receita do Gelado de Paçoca que a Kátia postou na semana passada. Tinha provado esta delícia em uma festinha na casa dela e estava doida para por em pratica. Conclusão, a receita foi um sucesso tão grande que já rodou na pela internet entre os familiares da minha amiga!

Com todo este sucesso resolvi deixar hoje a receitinha por aqui! É fácil, rápida e deliciosa! Quem experimentar depois passe aqui para me contar o que achou!


Ingredientes:

1 lata de leite condensado
2 latas de creme de leite
1 envelope de gelatina sem sabor
250 g de paçoca amassada no garfo

Como fazer:

Misture o leite condensado e o creme de leite, prepare a gelatina conforme indica no pacote e agregue na mistura. Amasse a paçoca com o garfo e reserve ¼ para decorar, misture ¾ a receita. Coloque no pode de sua preferência – pode ser uma taça grandona (como eu fiz para a sobremesa de domingo lá de casa) ou coloque em copinhos. Decore com a paçoca amassadinha por cima, leve ao congelador por 15 minutos e é só servir!!!

Prepare-se para os elogios!!!

Editando: A receita original é da Ana Maria Braga e na festa da Katia, foi reproduzida pela Ana Paula, esposa do Jõao lá do Blog Sabor e Alquimia.

quinta-feira, julho 09, 2009

Taxímetro ligado

Ontem pela manhã resolvi me pesar para manter o controle da balança, para minha total surpresa ela acusou 1,5kg a mais! Fiquei muito “P” da vida!


Durante a gestação, tenho a impressão que estou com o taxímetro ligado, a balança sobe sem dó nem piedade!


Sinceramente não acho que estou justificando todo este peso ganho, tenho procurado comer salada todos os dias no almoço e muitas vezes sopinha no jantar (legumes, brócolis ou couve-flor – nada muito calórico!). Arroz e feijão já não fazem parte do meu cardápio a mais de um mês! – na outra gestação, achei que esta combinação na hora do jantar, tinha sido a minha derrocada, junto com os docinhos é claro... É claro que eu continuo me rendendo a um docinho, mas juro que não é todo dia, além do mais estou comendo em quantidades bem moderadas (escolho um bombom ou um picolé como sobremesa).


Depois do sofrimento do dia de ontem fiz um dieta de sal o dia todo e tomei muita água, pois todos estavam falando que poderia ser retenção de líquidos. Comi alface, cenoura e couve-flor no almoço – saladinha delícia do delírio tropical no centro do Rio – e jantei salmão com arroz branco e vagem refogada, antes de dormir muito suco de maracujá para drenar.


Hoje mais uma vez fui conferir a balança depois do banho e fiquei toda feliz quando vi a dita marcando 900g a menos que no dia anterior. Tudo indica que estou inchando muito e terei que seguir na linha saladinha sem sal para manter a linha.

Hoje estou com 67,2kg, vamos ver se consigo atingir a minha meta de não ultrapassar os 75kg.


Ah! Hoje tem post meu lá no Criative-se, estou falando sobre o Mastercasa 2009, que está rolando no Castelo de Itaipava, região serrana do Rio de Janeiro. Passa para conferir!


Editado: Esqueci de dizer que complemento a salada com frango ou carne e que como de 3 em 3 horas sempre! Tenho muitas frutas no trabalho e quando a vontade é de açúcar apelo para a barra de cereal que mata a vontade. Acredito que a minha dieta esta bem saudável e sem exageros.
Agradeço a todas as amigas queridas pelas dicas e pela preocupação!

terça-feira, julho 07, 2009

Enquete - Nome da nossa bebê

Como decidir o nome da pequena habitante da minha barriga tem sido uma tarefa impossível para a mamãe e para o papai indecisos, resolvemos passar a bola para os amigos e pedir que nos ajudem votando em um dos nomes da enquete aí ao lado.

Quem ainda não votou ainda tem tempo, pois a enquete está programada para ficar no ar até o fim da minha gestação, isso é dia 21 de dezembro. É claro que eu tenho esperança de conseguir escolher o nome desta bebezinha bem antes disso, mas aí vai depender da ajuda de vocês :-)