segunda-feira, março 30, 2009

Festa

Como vocês já sabem bem, Guilherme adora festa e neste sábado foi dia do aniversário da Olívia, amiguinha da escola. Por conta do trabalho e da santa ajuda da minha avó, eu infelizmente acabo não sendo uma mãe frequentadora da porta da escola e por isso não conheço bem as outras mães, exceto uma, a Rosa, mãe do Guilherme Guimarães, amigão do Guilherme Bernardi na sala de aula.

Na verdade, eu conheci a Rosa por conta do Blog. É, isso mesmo! Ela me encontrou em uma pesquisa sobre pediatras, adorou o blog e ficou! É minha leitora assídua! Algum tempo depois, na festa do Gabriel Feijó, ela veio falar comigo que era minha leitora e tudo mais. São muitas coincidências, pois além de nosso filhos estudarem na mesma sala, terem apenas dias de diferença de idade, nós ainda trabalhamos no mesmo prédio! Isso tudo foi um passo para nos tornarmos amigas! Com o tempo, a Rosa começou a pensar em ter um cantinho só dela, onde pudesse expressar e dividir tudo o que pensa e sente, é claro que eu fui a maior incentivadora e me coloquei a disposição para ajudar no que estivesse ao meu alcance. E foi assim que nasceu o Chão de Rosas. Agora as festas da escola são sempre uma ótima oportunidades de colocar o papo em dia, fofocarmos sobre blog e ainda aproveito para me aproximar das outras mães. E tem gente que teima em não acreditar nos relacionamentos que começam no mundo virtual... Não sabem o que estão perdendo!


Nesta faze, eu tenho que chegar nas festa preparada, pois a única certeza que tenho é que o molequinho não vai parar um segundo sequer! Já chegou na festa falando com os amigos mais chegados e em alguns minutos já tinha se jogado na piscina de bolas. E se você pensa que isso é tudo, não é nem o começo! Ele descobriu um tobogã enorme e cismou de descer, é claro que a mamãe aqui teve que pagar este mico, pois apensar de ter atitude de quase um pré-adolescente, meu filho é bebezão metido a besta e ainda não pode ficar se jogando tobogã abaixo, não é mesmo? Ele adorou a nova experiência e depois da primeira descida ele quis repetir umas duzentas vezes, ainda bem que tinha uma tia responsável pelo brinquedo que revezou comigo algumas vezes. Na hora da animação ele também participou e fez tudo direitinho conforme solicitado, ainda com pouca agilidade, o que é absolutamente normal na idade dele.

Guilherme tirou um cochilo depois da festa e ainda acordou a tempo de brincar na noite de sábado, eu estou exausta até agora! E os pimpolhos de vocês, também são ligados no 220v?


Porque se sujar faz bem!

Sábado estava eu feliz e contente nas minhas artes, pintando uma caixa de higiene para a minha avó presentear uma gravidinha, quando de repente meu pequeno “pimentinha” pegou o tampa do pote de tinta branca e se melecou inteiro! Achou a maior graça na bagunça e foi lambrecando mais e mais. Eu diante daquela cena no mínimo hilária, para não dizer quase desesperadora, deixei ele correr e curtir aquela bagunça toda... Afinal, se sujar faz bem!






sexta-feira, março 27, 2009

Meu Aniversário

Sexta feira passada, dia 20 de março, foi meu aniversário. Eu simplesmente adoro o dia do meu aniversário! Sei que parece um pouco óbvio dizer que gosto desta data, mas sempre tive a impressão que curto este dia mais do que os outros. Comemoro meu aniversário antes durante e depois!

Este ano, as comemorações começaram com uma semana de antecedência, com a viagem que ganhei de presente do maridão. Fomos para a Fazenda Gamela Eco Resort, um hotel aqui no Rio de Janeiro, que fica entre Friburgo e Teresópolis. Nosso passeio foi incrível! Aproveitei para descansar e soltar todas as bruxas que me assombravam em uma mega tirolesa de 1,2 Km de extensão. Isso significa mais de dois minutos caindo pendurada por uma corda! Liberdade total! Para quem quiser saber mais detalhes desta viagem, confira! Eu contei tudo aqui.

No dia oficial - não poderia ser diferente - eu tinha que comemorar! E com toda esta influência criativa na minha vida, a festa teria que ser em grande estilo. Comecei a planejar o evento e lancei o desafio aqui nos bastidores do Criative-se. Foi uma enxurrada de e-mails para lá e para cá até que conseguimos dividir as tarefas principais. Tia Verônica ficou responsável pelo cardápio, que seria inspirado nos principais quitutes da festa de Natal da nossa família, a play list ficou sob responsabilidade da Roberta e a identidade visual com as designers Katia e Karla.

Começamos pela identidade visual, que deveria ser baseada na minha bonequinha do Criative-se. Eu pensei no que queria para as padronagens e Kátia e Karla finalizaram o convite virtual, os cones e as plaquinhas para a mesa. Ficou tudo a minha cara!


Convite virtual




Cones com Nuts

Também foi preciso escolher uma roupa especial para o evento, e quem seguiu comigo nesta missão foi a Beta, que praticamente escolheu o meu vestido! Porque sozinha, eu certamente não teria coragem de escolher um rosa como aquele. Saímos do trabalho na hora do almoço e em menos de 30 minutos já estávamos encerrando a compra. Quase um milagre!

Para o cardápio eu e minha tia nos dividimos entre mercados e queijarias para comprar todos os ingredientes na véspera. No dia da festa nos encontramos cedo lá em casa para colocar a mão na massa e preparar tudo. É claro que aconteceram alguns imprevistos com o tempo curto e com alguns ingredientes, mas nada que ofuscasse o brilho do resultado final. Nossa mesa estava impecável!


Grissini com parma


Torradinha com pasta de azeitona, mussarela de bufala e manjericão


Gorgonzola com presunto de parma


Antepasto com tomate cereja, azeitona preto, alho e manjericão com pão ciabatta


Tomate cereja com tartare de camarão, cebola e ciboulette


Batatinhas recheadas com queijo chévre e pimenta rosa


Uva Thompson com cream cheese e farofa de pistache




Quiches de tomate seco e alho poró.

Para beber, escolhi servir Kir Royal, uma bebida feita com 9/10 de champagne brut e 1/10 de creme de cassis. Para fazer uma gracinha ainda coloquei uma cereja espetada com um palito decorado em cada taça. Além do Kir, também servimos champagne brut rose, cerveja e refrigerante.





Na hora da festa foi só alegria, muitos amigos queridos, comidinha gostosa, drinks geladinhos e um papinho delicioso a noite inteira... Para completar ganhei um monte de presentes – eu falei que eu amo ganhar presente? Aproveito para agradecer a todos pela presença, pelos presentes lindos e, principalmente, por todo o carinho dedicado a mim neste dia!

Às Criativas, gostaria de agradecer especialmente, não apenas por toda a ajuda na produção da festa, mas pela felicidade de ter conhecido cada uma um pouco mais nos últimos dois meses. Espero que esta união, que veio pelo acaso, se torne a cada dia mais sólida e indissolúvel!




















* Este post foi publicado por mim, ontem, 26/03/2009, no Criative-se, mas como era sobre a fesat do meu aniversário, resolvi publicar aqui também para que os amigos mais proximos pudessem comentar mais a vontade...

quarta-feira, março 25, 2009

Dando adeus a fraldinha

Semana passada iniciamos o desfralde de Guilherme. Na verdade na última reunião de pais e mestre da escola eu conversei com a diretora sobre o processo, a idade ideal e outros detalhes do processo, a indicação em geral é realmente começar com 1 ano e 10 meses, é nesta idade que eles já se mostram mais maduros e alguns até indicam que não querem mais usar as fraldinhas.


Eu sinceramente achei que seria bem complicado tirar a fraldinha do meu pequeno, que nem de longe me dava alguma indicação que era chegada a hora, mas fui totalmente surpreendida pelo meu rapazinho! No terceiro dia sem as fraldas ele já não molhou nenhuma roupinha na escola e seguiu assim até o fim da semana. Em casa como temos menos traquejo que as tias, muito mais alertas no tempo entre as visitas ao banheiro e também sem os amiguinhos como exemplo, tivemos alguns poucos acidentes, que não afetaram o sucesso do garotão.


Esta semana tive mais uma surpresa, a dois dias seguidos que ele faz o número 2 no vasinho na escola! Por essa eu realmente não esperava, pois quando a escola me orientou, enfatizou bastante que não era hora de me preocupar com esta parte, que o importante neste momento seria o controle do xixi, o resto poderia ficar para depois, mas o meu pequeno prodígio já está com um super controle das suas necessidades fisiológicas!

Por enquanto as fraldas noturnas vão continuar fazendo parte da nossa rotina por algum tempo, até porque Gui toma 3 mamadeira entre a hora que vai para a cama e a hora de acordar, portanto seria humanamente impossível que esta criança passasse uma noite inteira com a cama seca. Nosso próximo passo é começar a negar a mamadeira da madrugada, mas só de pensar no chororô me dá uma preguiça...

domingo, março 22, 2009

Meu Pequeno Vascaíno

Meu pai é louco por futebol, vascaíno doente! Eu já nasci vascaína e lembro bem das colônias de férias no São Januário, onde eu e minha irmã, nas manhas de domingo, íamos completamente uniformizadas, tirar fotografia com o Roberto Dinamite...

Quando eu e Fabio ficamos noivos, a única ressalva do meu pai na hora do pedido oficial foi que os netos teriam que ser vascaínos. Como graças a Deus apesar flamenguista não liga a mínima para futebol – ao contrário do meu cunhado Hugo, que também é torcedor fanático e teve que da mesma formas oferecer os netos ao clube rival, mas só liberou os filhos do sexo feminino, portanto reza aos céus para que só nasçam machinhos – Guilherme, por livre e espontânea pressão é vascaíno. Desde pequeno tem toda a indumentária, além de outros apetrechos que passam por chinelos, bonecos e tudo mais.

Hoje é dia de Vasco x Flamengo no Maraca e meu pai e meu irmão logicamente estarão lá daqui a pouco. Eu não resisti e vesti o pequeno com o seu uniforme oficial. Meu pequeno vascaíno ficou simplesmente irresistível!!! Daqui a alguns anos tenho certeza que ele vai acompanhar os fanáticos desta casa e também estará ao vivo e a cores para assistir ao jogo ao lado do vovô e o tio Deco e assim deixará meu coração apertadinho, mas enquanto isso tudo é só alegria e brincadeira, corri para pegar a máquina e fotografar este momento, que foi gostoso demais!







segunda-feira, março 16, 2009

Fazenda Gamela Eco Resort

Tendo em vista que o dia 20 de março se aproxima e eu já estou em ritmo de festa, resolvi pedir um adiantamento do meu presente ao Fabio e nós fomos dar início às comemorações na Fazenda Gamela Eco Resort.


Apesar de ter demorado algumas semanas decidindo o destino, minha escolha não poderia ser mais acertada! O Resort é lindo de morrer! Tem um misto do ar rural de um hotel fazenda com o toque de requinte que um resort tem que ter. De todos os hotéis que visitei nos últimos tempos este sem dúvida nenhuma foi o melhor disparado, indico totalmente!


Saímos do Rio um pouco depois do almoço e seguimos paro o hotel por Friburgo, o que foi uma boa escolha por um lado, afinal comprei toneladas de lingerie. Por outro lado já tínhamos sido avisados que a melhor opção era Teresópolis por conta dos pardais na outra estrada, mas como meu marido é teimoso, seguimos por onde ele achou melhor e acabamos levando 5 horas para chegar ao destino. Ao chegar deixamos as malas em nossa suíte, que era super bem localizada - ficava na sede principal do hotel, pertinho da piscina e do restaurante, o que é uma tremenda mão na roda para quem tem criança pequena, principalmente as que usam fraldas! – e seguimos para o jantar, aonde escolhemos pela pizza à lenha e crepe feito na hora, bem gostosinho.


Na manhã seguinte era hora de colocar o lado aventureiro para fora e iniciar as atividades, eu escolhi arvorismo e tirolesa para começar meu dia enquanto Fábio levou Gui para conhecer a fazendinha. Eu, Ju, Cíntia, Dani e Marcel, tomamos um jeep e seguimos mata a dentro. Imaginei que era algo leve, com dificuldade média, mas chegando lá, descobri que era coisa par gente grande mesmo! Obstáculos complicados com um grau de dificuldade bem alto e tudo a no mínimo 6 metros do chão. Adorei! Adrenalina pura! Fechamos o circuito com uma mega tirolesa de 1km e 200m, mais de 2 minutos caindo pendurada por um cabo! Soltei todas as minha bruxas por lá, experiência imperdível! Para ser ainda melhor, Fabio e Gui chegaram bem na hora da descida final e os dois puderam acenar para mim enquanto eu voava experimentando uma sensação de liberdade plena.




Depois eu e Gui aproveitamos para descer no tobo água juntinhos, me impressiona como o pequeno é aventureiro e se diverte nas atividades radicais! Seguimos então para aproveitar um pouco da piscina e do Sol maravilhoso que brilhava no céu e depois almoçar. Após o almoço era hora de descansar e para isso escolhemos um dos aconchegantes launds espalhados pelos gramados do hotel. Foi nesta hora que Cristina e Marconi decidiram voltar para o Rio, pois Lucas estava com um febre que não cedia e os deixou preocupados. (Amigos queridos, fico feliz em saber que o pequeno já está se recuperando, tenham certeza que voltaremos a este lugar para curtir tudo com vocês!)






Antes do fim do dia, jogamos um pouco de arco e flecha, demos uma volta pelo hotel e depois ficamos no SPA e na piscina térmica e acabamos ficando presos neste anexo um tempão, pois rolou o maior temporal que na verdade já estava prometido desde o dia anterior e que resultou no cancelamento da festa indiana que aconteceria a noite. Uma pena, pois chegamos a ver a produção pronta e estava tudo lindo, mas a programação noturna foi substituída por música ao vivo no piano bar e ainda assim tivemos uma noite muito divertida.






Na manhã de domingo a atividade da mulherada foi a cavalgada, enquanto os marmanjos seguiram para o rapel. O pobre do Fábio mais uma vez ficou com o pequeno em pró do meu divertimento e curtiu o esquibunda com o pequeno aventureiro. A cavalgada foi ótima, apesar de ter que confessar que eu não sou mais a mesma, a mulher destemida que havia dentro de mim está dando lugar a outra que se preocupa o tempo todo em não se machucar, mas enfim... O único detalhe negativo é que levei minha H-50 e acabei perdendo a tampa da bateria, mas como já consegui comprar outra na internet hoje, tudo já está solucionado!



Depois da aventura matinal foi só um pouquinho de piscina, almoço e já era hora de arrumar as malas e voltar para casa... Infelizmente o tempo passou muito rápido, mas tenho certeza que aproveitamos cada segundo deste fim de semana delicioso em família e com ritmo de festa! Agora temos que agendar outra rápido, para Lucas e Guilherme brincarem juntos e para o papai Fabio poder descer a mega tirolesa.