sexta-feira, novembro 26, 2010

Balmex – Creme para assaduras

Já tem um tempão que quero parar cinco minutinhos para escrever para vocês este post, mas o meu ritmo de trabalho anda frenético, além disso estou sempre tocando um projetinho paralelo e para completar faltam poucos dias para a festa da Duda.

A conclusão disso, é o blog das crianças abandonado, posts que foram escritos para serem publicados aqui acabam tapando buraco no Criative-se e vocês, com muita razão, vão acabar me abandonando... Por favor não me abandonem de vez, juro que depois da festa eu consigo voltar a postar regularmente por aqui.

Vamos ao que eu queria contar. Há cerca de um mês atrás, minha amiga Jú, foi aos EUA fazer o enxoval do Dudu (ela está grávida de 6 meses). Eu, mãe escolada, fiz uma listinhas de itens imperdíveis para ela, dentre eles a pomada para assadura Balmex, que sempre usei nas crianças desde que o Gui nasceu. Falei para que ela comprasse 2 potões de bancada (como os que mostro nas fotos) e mais uns 2 para bolsa.

Claro que a Jú, como toda mãe de primeira viagem, está mergulhadíssima no encantado mundo da maternidade e passou horas a fio na frente do computador fazendo pesquisas sobre coisas bacanas para trazer de lá. Ela saiu do Brasil com um livro de impressões e listas de itens para comprar! Fez ela muito bem!

Eu fiz algumas (poucas, é claro!) encomendas, dentre elas, algumas daquelas cuecas de personagem que a Pri deu de presente para o Gui, uma calça e uma casaco espertivos também para ele e Balmex para a Duda.

Quando a Jú voltou, me trouxe uma grata surpresa, uma novidade que achei fabulosa, que muda a vida de uma mãe. Quase tão prática quanto à própria fralda descartável! A novidade foi a pomada para assadura Balmex, em forma de bastão! Isso mesmo, com ele, você nunca mais vai ficar com o dedo e a unha todos lambuzados!

O bastão, é no mesmo estilo dos bastões para desodorante em gel, com uma tampinha plástica toda furadinha. Para usar, basta girar uma rodinha que fica na base do pastão e passar no bumbum do bebê.

Pode falar, a dica não é fantástica?! Cada bastão custa cerca de 5 dólares e pode ser encontrado em farmácias, drogarias e nas lojas da Babies “R” Us.


DSC00295DSC00297 DSC00296 DSC00298

quarta-feira, novembro 24, 2010

Foto com o Papai Noel 2010

IMG_8797

Desde que o Gui nasceu, todos os anos vamos até o shopping na época das festas de fim de ano para fazer a tradicional foto com o Papai Noel. Por conta dos preparativos para o aniversário da Duda, quase não percebi o Natal se aproximando. Os shoppings já estão enfeitados e já podemos ver mil varandas iluminadas, adoro esta energia!

Aproveitando que saímos cedo do trabalho para levar os pequenos ao Pediatra, a a família Laureano Bernardi  aproveitou e deu um pulinho no shopping, para fazer a tradicional foto com o Papai Noel.

Avisei à minha avó quais eram as minhas intenções e pedi que ela arrumasse os pequenos com roupinhas vermelhas, pois acho que estes detalhes fazem toda a diferença na foto, e eu adoro foto, né?

Saí com eles pela rua, Gui de mão dadas com o pai e Duda no meu colo. Todo mundo olhava aquelas crianças arrumadinhas de vermelho… Estavam realmente uma graça, não dava para resistir!

Chegando lá, fomos direto ao encontro do bom velhinho. Guilherme estava empolgadíssimo! Antes que eu pagasse a fotografia, o moleque estava no maior papo no colo do Papai Noel, desfiando o rosário e passando uma lista de presentes que quer ganhar de natal.

Enquanto isso, o pai, que não entende nada de bebes tirando foto com o papai Noel, foi logo mostrar para a pequena aquele ser, gordão e de roupa vermelha… Bem que eu avisei que a tática era entrar de marcha ré, mas ele não me escutou. Obviamente ela não ficou no colo dele de primeira. Dei uma enganada e tentei novamente (enquanto isso, Gui continuava lá monopolizando o Papai Noel) aí, contei com a ajuda da assistente, que foi chamando a atenção da pequena, enquanto eu a colocava sentada sem que ela percebesse o que estava acontecendo. Deu certo!

Conclusão, uma foto maravilhosa, que já esta em um porta retratos aqui na sala de casa!!!

Além da foto oficial das crianças, o fotógrafo fez fotos da nossa família completa, com gorro, sem gorro e do pequeno falastrão sozinho no colo do bom velhinho, que por sinal está de parabéns pela simpatia, carisma e carinho com meus filhos!

Quem quiser fazer a foto de natal com este lindo Papai Noel, pode procurá-lo no shopping da Gávea de terça a domingo, que ele estará lá com toda a sua paciência e simpatia para tirar muitas fotinho e bater um papão com a criançada!

IMG_8800 IMG_8795 IMG_8798

terça-feira, novembro 09, 2010

Zoológico do Rio de Janeiro

DSC02184

No último domingo, fizemos um programinha bem gostoso e tradicional. Fomos passear no Jardim Zoológico do Rio de Janeiro!


Ir ao jardim zoológico, me remete a lembranças maravilhosas da minha infância, onde tinha a oportunidade de curtir a presença e a sabedoria do meu pai, que para mim sempre foi o grande conhecedor destes assuntos aleatórios. Meu pai é do tipo, que quer parar animal por animal e ler todas as informações sobre ele. Aí ele conta mil histórias envolvendo aquele bicho, conta curiosidades, consegue mesmo prender a atenção de uma criança no que ele está dizendo. Qualquer dia destes tenho que arrastá-lo a acompanhar os netos até lá...


Outra coisa que me encanta ao ir ao jardim zoológico e sentir o clima, a energia que rola ali. Sempre que vou ao parque, sinto uma paz imensa! Parece que ali, todo mundo é feliz, parece que a humanidade se reduz a amor, carinho e atenção as suas crianças. Quem dera o mundo vivesse em um domingo no jardim zoológico... Temos ali, pessoas de todos os tipos, cores, credos e classes sociais, todos em pro de uma mesma causa, dividir o seu momento de descanso com as pessoas que amam e dar alegria as suas crianças. Observar tudo isso me faz um bem imenso!


Desta vez, demos a maior sorte, já que o parque estava super vazio e o dia estonteantemente lindo e azul, mas com uma temperatura bem amena. Realmente tudo conspirava para um domingo maravilhoso e assim foi.


Dudinha se comportou como uma princesa, o tempo todo sentada no carrinho, observando as cores e os sons dos animais, enquanto Gui se mostrou um rapazinho, interessado nas informações e detalhes de cada bicho. Como levamos um carrinho extra para o Guilherme, não tivemos ninguém pedindo colo durante todo o trajeto, perfeito!


Com o parque vazio, foi fácil dar atenção a alguns bichos que ficam meio esquecidinhos, como os micos pequenos, algumas aves menores e fazer a visita com bastante calma. Para os grandes astros, como girafa, elefante, jacaré, urso, lobo, macacos, tigre e leão, todo o tempo do mundo para a observação! Quem determinou o tempo foram as crianças!


Outra coisa bem legal, foi que no zoo parquinho, teve a apresentação de um teatro de fantoches. Lógico que o Gui quis parar para ver o teatrinho, que apresentou uma peça bem legal falando das diferenças. Estavam ali, crianças de um orfanato com algumas tias voluntárias. Todos tão comportados, que dava gosto de ver!


Fechamos o nosso passeio, sentando calmamente no restaurante da quinta, que apesar de não oferecer muito luxo, nos serviu uma picanha na chapa de primeiríssima qualidade e um chope geladíssimo!


Se vamos voltar? Claro e em breve! Por sinal, hoje pela manhã ao deixar o Gui na casa da minha mãe, o pequeno me perguntou se poderíamos voltar ao jardim zoológico... Sinal de que gostou do passeio. Missão cumprida para mamãe e para o papai!


Ah! Antes que me esqueça, o circo do Marcos Frota está com a lona montada na quinta da Boa Vista, os espetáculos são aos sábados às 16:30h e aos domingos e feriados às 10:30h e 16:30h, os ingressos custam a partir de R$ 20,00. Fiquei doida para ir! Alguém se anima?

DSC02183 DSC02192 DSC02194 DSC02198 DSC02199 DSC02202 DSC02203 DSC02204 DSC02207DSC02206 DSC02210 DSC02222 DSC02231 DSC02237 DSC02238 DSC02239 DSC02242 DSC02243 DSC02244 DSC02249 DSC02250 DSC02251

quarta-feira, novembro 03, 2010

O Début de Dudinha na Praia

Foi no último final de semana que finalmente Dudinha fez o seu Debut na praia. Quase inacreditável pensar que a pequena, filha de uma mãe amante de praia como eu, tenha demorado dez meses para finalmente colocar seus lindos e delicados pezinhos em areias cariocas, mas eu explico!


Como Dudinha nasceu em um verão absolutamente avassalador aqui no Rio de Janeiro, ficou muito complicado apresentá-la a praia logo quando nasceu, além disso, vocês sabem que mãe em segunda licença maternidade, tem muito menos tempo para florear pela cidade, afinal tem que bater ponto na porta da escola para levar e buscar o filho mais velho, que tem uma rotina de horários completamente diferente. Com isso, quando a pequena já estava com um bom tamanho encarar a praia, o tempo já tinha esfriado e eu já estava de volta ao trabalho. Vamos ver se agora o tempo vai firmar de vez e a nossa pele vai ganhar o dourado saúde que eu tanto amo.

Nossa logística para ir a praia, não é das mais simples, então, para que tudo desse certo, acordei cedo – o que pra mim significa 8h – arrumei uma bolsa com coisas possivelmente necessárias, como toalha grande, fraldas de praia, lenços, roupinha, papinha salgada, papinha doce, biscoito para o grande, biscoito para a pequena, suquinho, água, troca de roupa para para os dois, chupetinha e algumas outras coisinhas vitais em um circunstância como esta. Também preparei uma bolsa cheia de brinquedos, assim garanti a distração das crianças por mais tempo. Quando já estava tudo praticamente esquematizado, tirei a turma da cama e coloquei direto no chuveiro, arrumei com os devidos trajes e fomos para a praia.


Enfim, pouco antes das 10 horas já estávamos nas areias do Leblon, devidamente sentados, com guarda sol armado, piscinha cheia e com água doce!!! Esquema perfeito para quem tem criança pequena!


Eu freqüento a praia ali no Leblon há muitos anos, pois uma prima mora ali em frente e toda a família costuma se encontrar naquele ponto, o famoso baixo bebê. O que para mim, se tornou ainda mais conveniente depois que as crianças nasceram.


Marquei de encontrar com minha tia Verônica na praia, meu tio também estava lá. Mais tarde chegaram minha irmã e minha prima Ana. Ficamos batendo um papinho gostoso ali no Sol, enquanto os pequenos se esbaldavam na areia e na piscininha.


Dudinha realmente surpreendeu, se mostrou completamente íntima da areia e da água gelada, não demonstrou nenhum tipo de agonia ou nervoso com a textura nova. Dá pra ver que tá no sangue o gosto por esta vida de Sol e Mar...


Gui, como sempre, se acabou de tanto brincar, foi várias vezes até o mar com pai e continua demasiadamente destemido, o que para mim não necessariamente é uma qualidade. O gostoso, voltou de lá completamente bronzeado do dia na praia, não tem protetor que segure a melanina deste garoto! Tá um gato!


Enquanto as férias não chegam para irmos para Búzios, acho que vamos conseguir voltar a freqüentar a praia sempre, isso é, se Deus quiser e nos brindar com fins de semana assim, cheios de Sol e calor, exatamente como nós, Cariocas, amamos!

DSC02094 DSC02097 DSC02102 DSC02104 DSC02108 DSC02109 DSC02117 DSC02124 DSC02134 DSC02135 DSC02137 DSC02138