quarta-feira, setembro 05, 2012

Primeiro dia de Ballet da Duda e de Futebol do Gui



Eis que depois de um longo e tenebroso inverno, estou de volta! Sim, estou reativando o Blog da Duda e do Gui. E como vocês podem perceber, voltamos ao primeiro endereço do blog: www.esperandoguilherme.blogspot.com . O que aconteceu na realidade, foi um boicote da Google em cima de mim, que falhei ao atrasar a fatura do domínio próprio, que acabou sendo adquirido por ratos de internet, que usam o link com pornografia.

Enfim, o pior, que foi pensar que tinha perdido todos os meus arquivos e textos desde que o mundo dos blogs me invadiu. Graças a Deus consegui recuperar tudo direitinho. O bom disso tudo é que o susto me deixou completamente estimulada a voltar a escrever aqui! Reler alguns trechos, me fez relembrar o quanto é bom traduzir meus sentimentos em palavras neste cantinho, afinal o mundo não é feito só das festas do Criative-se, né?

Pois o blog é reinaugurado em ótima data! Ontem foi o primeiro dia de Ballet da Duda e de Futebol do Gui e eu estou tão orgulhosa dos meus pequenos e empolgados atletas.

Não posso negar, que para uma mãe que trabalha como eu, é uma verdadeira ginástica estimular os filhos a se desenvolverem no verdadeiro esporte. Digo verdadeiro esporte, pois fui atleta, treinei na equipe do clube do bairro onde moro e levava o esporte muito a sério. Sei que eles ainda são novos, mas o esporte oferecido pelas escolas é mais recreativo, atende para uma criança tão pequena, mas não podemos negar que é recreação com movimentos direcionados.

Pois ontem saí mais cedo no trabalho e fui correndo comprar o uniforme do ballet e fazer a matricula da pequena Dudinha na academia. Eu estava quase tão ansiosa quanto ela! Chegando na escola, troquei a roupinha enquanto ela dava gritinhos de tanta alegria. Dizia para todos que passavam que ela ia fazer ballet com a amiga Duda Rocha, mostrava a sapatilha e pedia para fazer um pito na cabeça, referindo-se ao coque que as bailarinas usam.

Enquanto isso, encontrei com a Anna, mãe do Heitor amigo do Gui, e pedi que ela levasse o Gui para o futebol, que é no mesmo horário e em outro lugar (vida de mãe de 2 não é mole não). Deixei com ela o uniforme do Vasco, a chuteira e já fui guardando todas as mochilas na mala do carro.

Voltei para o maternal, peguei as duas Dudas (Duda Bernardi, a minha e Duda Rocha, melhor amiga) e seguimos para a academia de Ballet, que fica do outro lado da rua.

Chegando lá aguardamos um pouco o início da aula e enquanto isso aproveitei para tentar tirar umas fotos, mas como vocês sabem, minha filha ao contrário do irmão, odeia tirar fotos. Além disso ainda não estou dominado o flash novo da minha máquina. Preciso de aulas com a tia Beta Bernardo urgente!!!! Enfim, eu tentei registrar o momento como deu.



Ela estava linda e muito feliz como bailarina, mas na hora de iniciar a aula, eu que estava toda equipada para assistir e fotografar o evento, fui barrada no baile. A professora disse que preferia que eu aguardasse do lado de fora e depois marcaria uma aula aberta. Quase morri!
Como eu tenho o costume de não me abater de primeira, aproveitei que estava equipada e sai correndo para ver e fotografar o futebol do Gui, que fica na mesma rua duas quadras antes! Tá vendo como tudo na vida tudo tem um lado bom?! Neste caso foi ótimo!

Guilherme por sua vez, superou qualquer expectativa. Nós que pensávamos que o menino, que não tem nenhuma intimidade com a bola,  ia se acanhar ou fazer feio, ao contrário do esperado fez o maior sucesso em campo! Participou do treino técnico pulando cones e andando em bambolês para exercitar o equilíbrio, ficou atento a todas as dicas táticas do professor e na hora do jogo fez até um gol! Nem prestou atenção em mim, só queria saber de correr atrás da bola e aproveitar este momento com seus amigos Guilherme Rocha, Heitor e Léo. Os registros também não são os melhores, mas eu prometo melhorar nas próximas aulas e assim que tiver fotos melhores, volto e posto novamente!








Minutos depois, voltei correndo para a academia e busquei as pequenas bailarinas, que saíram da aula com pirulitos, desenhos na mão e um sorriso no rosto que fez meu coração se derreter e ter a certeza que todo o movimento feito para permitir que eles vivessem este momento, foi mais do que válido!

Depois disso seguimos todas juntas, para o campo de futebol e assistimos o finalzinho do jogo. Depois ainda deixei que os pequenos brincassem mais um pouquinho, meninas e meninos em harmonia, depois de uma noite muito feliz e de um movimento novo na vidinha deles.

Nossa maratona só acabou de verdade em casa, depois de um delicioso banho e um jantar gostoso, que já estava prontinho nos esperando. Poucos minutos após escovar os dentes minhas delícias adormeceram como anjos no sofá e finalmente se entregaram a Morfeu para uma bela e merecida noite de sono.

Não posso retornar ao blog e não aproveitar para deixar um recadinho, para os donos do pedaço e do meu coração, né?

Gui,

Meu filho lindo e querido, como sempre você enche meu coração de orgulho! Mesmo quando acho que vou me divertir te vendo bem perna de pau em campo, aprendendo as primeiras coisas, você me deixa de queixo caído e derrete meu coração. Você vai ser um grande atleta, mesmo que o esporte seja apenas uma ferramenta de prazer na sua vida. Você tem corpo de atleta, equilíbrio de atleta! O esporte está no seu sangue, assim como sempre esteve no meu! Vá em frente meu pequeno! Sei que em breve você perceberá que os benefícios do esporte na vida de uma criança são muito maiores do que você pode imaginar! Eu te amo meu pequeno vascaíno!

Dudinha,

Minha pequena espoleta, a quantidade de energia que existe neste pequeno corpinho me surpreende a cada dia! Sua pilha não acaba né menininha?! Foi uma alegria para o meu coração ver a sua alegria e empolgação ao ingressar no esporte. Eu mesma as vezes esqueço o quanto você já está esperta, o quanto você já percebe o que acontece no mundo a sua volta. Que bobagem achar que você só vibraria depois de entender o que era a aula de Ballet. Você sempre soube e como sempre me surpreendeu com sua astúcia e independência. Como pode uma criança tão pequena nem olhar pra trás no primeiro dia de aula? E olha que eu ia até gostar de você pedisse a professora para me deixar ficar... Minha linda caçulinha, você foi e será sempre a mais bela e sorridente bailarina que já conheci! Que os palcos sejam pequenos para você! Mamãe te ama mais que tudo!

segunda-feira, março 19, 2012

Este blog não foi abandonado de vez!

Olá queridos amigos e leitores!

Não, eu não estou aqui para dizer que o blog será encerrado ou abandonado, pelo contrário! Quero muito voltar a registrar cada grande marco da vida dos meus pequenos, mas a vida louca vida me suga! Muitas novidades e muitas coisas boas estão por vir na minha vida profissional, mas com isso ainda mais demanda e cada vez menos tempo.

Passei a atuar ativamente na área de arquitetura através das consultorias, que tem ocorrido quase que todas as semanas. Por outro lado não abandonei o meu trabalho de rotina, com isso demandas se acumulam!

Além de tudo isso, resolvemos migrar o criative-se da plataforma blogger para a plataforma WP... Uma loucura, mas agora já está feito e não podemos voltar atrás, mas na migração, perdemos mais de 1500 leitores diários e possivelmente muitos de vocês, que liam aqui e liam ...

Portanto hoje, além de querer registrar rapidamente algumas coisinhas referentes ao desenvolvimento dos pequenos, quero pedir a quem curte o criative-se para conhecer nossa nova casa, que fica aqui: www.criativesse.com.br . Todos são muito bem-vindos por lá!

Quem tinha o link na lateral ou no blog hall e tiver a oportunidade, reveja o link, pois não funciona com o endereço antigo, tem que excluir e incluir o novo. Deixo o banner para quem quiser salvar e incluir a imagem também! Toda a divulgação é bem vinda, principalmente dos blogs pequenos e familiares como o meu. Afinal vocês são os meus leitores mais queridos e fiéis!

Vamos as bolinhas sobre o assunto principal deste blog?

• Dudinha finalmente se comunica verbalmente de forma entendível! Viva! Começou a balbuciar as primeiras palavras soltas em janeiro e o desenvolvimento foi vindo mês a mês. Agora ela já forma frases completas e nos entendemos super bem – já não era sem tempo né ? – Sua maior dificuldade é o gênero e a conjugação verbal, uma Alemãzinha!

• Gui e Duda mudaram de escola. Foram estudar onde eu sonhava em colocá-los desde que Guilherme nasceu. Posterguei o sonho em pró da praticidade, mas a creche ficou realmente pequena para o meu grande Gui. A irmã foi junto para dar uma força! Nada melhor do que ter a irmã do lado para não se sentir mudando sozinho! Não posso dizer que a adaptação for tranqüila, pois principalmente ele, resistiu bastante, mas agora, com as aulas iniciadas há mais de um mês, estão super adaptados e felizes com a escola.

• Meu pequeno grande homem começou a escrever! É um menino letrado agora e só quer saber de identificar letrinhas, dividir palavras e escrever! Uma graça! Ele aprende uma palavra por semana na escola e seu vocabulário já inclui: Beto, Mônica e Bola!

Acho que por hora é isso! Fecho este post com um recadinho para cada um dos motivos deste espaço, afinal, é este o amor que quero registrar para sempre!

Gui
Meu filho lindo e amado. O coração da mamãe está repleto de orgulho de você! Que tem se mostrado cada dia mais comportado e compenetrado nas atividades da escolinha. É lindo ver seu interesse pelas palavras! Ver você sozinho pegando um lápis e escrevendo, batendo palmas no ritmo das palavras para dividir as sílabas derrete meu coração...
E o seu capricho, como você é caprichoso! É incapaz de deixar um só lápis perdido dentro do estojo, cada um tem que ser guardado direitinho dentro de cada elástico! Ainda bem que a mamãe te conhece bem e não esqueceu que você queria o estojo da Faber Castel com elástico para colocar os lápis e canetinhas arrumadinhos, né? Seu estojo do Bob Esponja é o mais lindo e arrumadinho de toda escola! Tenho certeza!
Filho, sei que a mudança de escola te fez sofrer, saiba que mamãe sofreu contigo a cada lágrima, foi horrível te ver passar por isso. Só que infelizmente a vida é assim, cheia de mudanças e era preciso te incentivar a crescer!
Parabéns meu filho, por estar se tornado esta criança linda que eu sempre soube que você se tornaria! Te amo!
Beijos,
Mamãe

Dudinha,
Você não sabe como estou feliz em ver você tagarelando pela casa! Já não via a hora de conseguir entender detalhadamente seus desejos e anseios! Por sinal, é uma graça te ver falando! Tão bonitinhos seus erros de gênero e conjugação verbal. Acho fofo demais esse seu jeito bebezinha!
Apesar de ser uma menina moleca, super arteira e espoleta, você sempre será a minha menininha. Por sinal apesar de brigar bastante com você, adoro seu interesse por minhas maquiagens! Digamos que eu fico um pouquinho chateada quando você destrói os meus batons da MAC os outros eu nem ligo muito, mas faz parte do processo, eu sei. No futuro vamos dividir não apenas maquiagens, mas roupas e acessórios. Sabia que eu sempre sonhei com isso filha?
Queria te agradecer muito por ter acompanhado e fortalecido seu irmão no duro processo de mudança de escola. Se hoje ele está adaptado e feliz é porque você está lá com ele! É assim que quero ver vocês por toda a minha vida, como melhores amigos e companheiros! Irmão é o melhor presente que ganhamos desta vida, sei que você sabe disso, mas vai entender melhor mais tarde, acredite em mim!
Filha, que você possa continuar amadurecendo e virando esta menininha fofa e arteira que você se mostra ser. Te amo muito, tá!
Beijos,
Mamãe