terça-feira, julho 15, 2008

Indo ao Barbeiro...

Este fim de semana Guilherme cortou o cabelo pela primeira vez. Eu na verdade nem achava que precisava, mas como o pai precisava cortar as madeixas e só o faz no mesmo barbeiro em Petrópolis a mais de 30 anos, não tive argumentos e deixei o pequeno seguisse os passos do pai. Chegamos em Petrópolis já estava anoitecendo, passamos rapidinho na minha sogra para trocar de roupa, pois estava muito frio por lá e quando saímos do Rio com roupa de verão e seguimos para o centro onde fica a tradicional barbearia. Primeiro Fábio cortou o cabelo e fez a barba, com navalha no melhor estilo novela de anos 60, enquanto eu e Gui brincávamos de bolinha de sabão – lembrancinha do aniversário da Nicolle – Por sinal vale lembrar que ele aprendeu a soprar e conseguiu fazer sua primeira bolinha de sabão neste dia! De pois foi a vez do pequeno que sentou numa boa na cadeira da barbearia, o barbeiro pegou um avental para crianças amarelinho e vestiu meu quase ex-bebezinho, ele ficou observando atento tudo o que acontecia. Depois começou a cortar os cachinhos, ai que peninha que me deu! Não satisfeito, como meu filho é um santo o velhinho passou a máquina para fazer o pé e a costeleta, eu posso com isso? Você pensa que ele chorou, reclamou ou ficou irritado, que nada! Continuou amarradão brincado com a escova de cabelo.
Ta aí o resultado, não ficou com cara de homenzinho?