quinta-feira, janeiro 28, 2010

O galo canta na testa de Guilherme

Ontem foi dia de mais um susto nesta família. Depois de voltar da escola, tomar banho e jantar, Guigui foi pegar um chocolate para a sobremesa, já que estávamos na casa da minha mãe. Voltou correndo pelo corredor, quando tropeçou e caiu batendo a cabeça com toda a força na quina do rack! A batida foi tão forte que o barulho oco da cabeça batendo invadiu toda a casa. Eu perdi o controle por um minuto e me desesperei, estava com medo de olhar o que tinha acontecido, só fiz pressionar o local com a mão. Quando me recompus, pude ver que a testa não chegou a abrir, mas um ovo roxo foi crescendo imediatamente no local.

Resolvi levá-lo ao hospital infantil para um avaliação médica, minha irmã estava em casa e me acompanhou e dirigiu o carro, Fabio nos encontrou direto no hospital. Fomos atendidos quase que imediatamente, pois traumas tem prioridade e são consideradas emergências com gravidade. Graças a Deus o médico examinou todos os reflexos, fez uma radiografia de crânio para certificar que está tudo bem e nos mandou para casa com algumas recomendações incluindo observá-lo por 72 horas.

Depois de mais este tombo por conta da crocs, aqui em casa ela vai para o lixo! Esta não foi a primeira queda que ele teve por conta deste sapato, minha irmã, meu pai e Fábio já tinham feito várias criticas ao calçado, mas como ele gosta e consegue calçar sozinho, acabei não dando ouvidos e agora me arrependo muito disso. Foi um acidente grave, que poderia ter tido consequências bem mais sérias.

Você já teve problemas com tropeços do seu filho por conta de algum sapato? Conhece a crocs? ela faz seu filho cair com mais frequência?

25 comentários:

Roberta Mollica disse...

Lucia, mais um susto, hein!? Que bom que o Gui está bem!
Fiquei surpresa, pois a Helena tem 3 crocs que ela usa diariamente fazendo revezamento... Ela adora! Ela nunca caiu, corre com a sandália e não percebo nenhuma dificuldade apara andar. Agora fiquei preocupada e vou observar. Será que o Gui não está com um número grande? bjs!

Simone - Mariana minha flôr disse...

Ai que susto, eu já passei por isso, a Mariana caiu 2 vezes e bateu a boca na mesinha de centro, nunca vi tanto sangue na vida, conclusão, a mesinha foi para o canto, acabou os acidentes.
Essas sandálias é a mesma que Babuch? Comprei uma e ficou grande, só estou esperando uma amiga vir para minha cidade e trazer um numero maior, pois comprei em outra cidade, vou ficar atenta também.
Beijos

Aline mamãe do Yuri disse...

oi Lucia...

O Yuri tem uma e como o Gui adora e toda vez que vai sair e ela que ele trás e já no pé, pois consegue calçar sozinho. Por ele gostar tanto hoje comprei outra para ele ir a escola. Mais também vou começar a observar.

beijos

Anônimo disse...

Ola meninas!
Sou mae também e meu filho ja ganhou uma crocs de presente. Moro fora do Brasil e aqui tem varios, varios alertas para o perigo da Crocs. Ja vi casos em que a ponta da sandalia enrosca na saida da escada rolante e causa acidentes terriveis. Sem falar no perigo de tropeços. Quando vi algumas reportagens sobre o assunto me perguntei se o perigo era real ou se era uma tentativa de sabotagem da marca. Mas com as imagens que vi sendo mostradas na TV, confesso que nem dei tempo de saber se o perigo era real ou nao. Aposentei direto e reto! Afinal, se trata da segurança dos nossos pequenos, nao é?!

Micheli

Anônimo disse...

É preciso observar se estava usando com a alça pois correndo sem ela é possivel que tenha levado ao tombo, os acidentes com escada rolante foram com sandalias falsificadas.

Anônimo disse...

Só para curiosidade:


Ministério da Justiça pede explicações à Crocs sobre acidentes para decidir sobre recall

Paola de Moura - Globo Online

RIO - O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça, expediu nesta quinta-feira uma notificação para a Crocs pedindo informações sobre denúncias de acidentes com os calçados. Crianças usando as sandálias tiveram seus pés presos em escadas rolantes no Brasil e no mundo. A empresa tem dez dias para responder.

A Associação de Defesa do Consumidor Pro Teste, que enviou ao DPDC o pedido de recall recebeu mais informações sobre casos de crianças que tiveram as sandálias destruídas por escadas rolantes .

- Consumidores de São Paulo e também de Curitiba nos mandaram relatos do mesmo tipo de acidente - conta a coordenadora do órgão Maria Inês Dolci, que continua a questiona a falta de informação sobre o risco do uso do produto em piso inadequado. - Nós compramos dois pares aqui para ver as informações que eles dão, e não há nada falando do risco do calçado. Eles precisam informar se há ou não riscos.

O acidente aconteceu com a filha do empresário Paulo Emílio Lima, de 41, morador de Brasília. Ele veio com a família passar o fim do ano de 2007 no Rio. Próximo ao Natal, foi fazer compras no Shopping Rio Sul.

- Ao subir as escadas para a garagem, minha filha Lara deu um berro muito grande. Imediatamente, eu a puxei para o alto, sem entender direito o que estava acontecendo. Foi quando vimos a sandália rasgada dos dois lados. Foi assustador. Ainda achei bom que ela só ficou com uma contusão que durou dois.

Paulo Emília conta que, na época, ele pensou que fosse um problema da escada rolante.

- Mas, como nada mais grave aconteceu e fomos bem atendidos pelo shopping, não tomei nenhuma atitude.

Claudia Rezende Assumpção, de 44 anos, conta que o problema não está só na aderência da sandália, mas também no quanto a torna maleável.

- Aquilo que gera conforto, também gera risco. A do meu filho Miguel foi engolida literalmente. Ele descia a escada na minha frente, bem comportado, com os pés fora da linha amarela, com eu o segurando. No meio da escada ainda, ele se virou para falar comigo. Em questão de segundos não havia mais sandálias.

Segundo Cláudia, como o acidente ocorreu no meio da escada e a sandália não ficou presa, o sistema de segurança não funcionou.

- Se o dedo do meu filho tivesse entrado, teria sido dilacerado também.

Nesta quinta-feira, a Crocs informou, através de sua assessoria de imprensa, que está reunindo informações sobre os acidentes e que está tentando encontrar uma solução que atenda aos desejos dos consumidores.

Febre e redesenho
As sandálias Crocs são febre entre adultos e crianças no mundo inteiro, inclusive no Brasil. Originalmente o calçado foi fabricado para ser utilizado em barcos, devido ao seu solado antiderrapante que não marcava o deck do barco. Em 2003, Crocs se tornou um fenômeno por ser considerada confortável. Suas cores chamativas o tornaram um calçado popular.

No entanto, no ano passado, começaram a surgir relatos de graves acidentes. Nesta semana, o ministério do comércio do Japão, onde ocorreram 65 casos registrados, pediu ao fabricante americano, o grupo Crocs, para melhorar o desenho do calçado depois que algumas pessoas, principalmente crianças, tiveram os seus pés presos em escadas rolantes enquanto usavam as sandálias. Mais de dez países já relataram acidentes.

Alguns deles chegaram a ter dedos quebrados e cortes profundos quando seus pés ficaram presos entre os degraus e a lateral das escadas. O ministério japonês também pediu às estações de trens e as lojas de departamentos para colocar avisos sobre os riscos, principalmente para crianças pequenas, sobre o uso destes calçados nas escadas rolantes.

Malu disse...

Destesto a crocs Lucia, acho um sapato superm instavel pros pequeninos ! Que susto heim ?? Puxa, ainda bem que está tudo bem.. tadinho dele viu !?
Um beijo !

Adriana Carvalho disse...

Oi Lúcia,
Realmente a Crocs tb faz o meu Guigui cair. O pior é que o Guigui adora a sandália mas ela é muito perigosa...
Bjs,
Adriana

Flavia Bernardo disse...

Ah, Lu. Na boa, não tenho filho nessa idade, mas eu ODEIO a Crocs.

Além de não achar essa sandália bonita, sabemos dos muitos acidentes que ocorreram com crianças usando essa sandália. Principalmente em escadas rolantes.
Outro dia uma amiga minha tava relatando lá na comunidade que ela ficou chocada qdo viu uma criança na frente dela na escada rolante do Shopping Leblon ter sua crocs engolida e amassada pelo mecanismo da escada. Sorte que nada grave aconteceu com o pé da criança. Só um machucado superficial.
Ela disse que no mesmo dia aposentou as Crocs dos 2 filhos dela.

Que bom que não foi nada grave com o Guilherme. Imagino sua agonia na hora!

Beijos pra vcs e um especial na testinha do Guilherme.
bjks.

Fernanda Laureano disse...

Lu,

Problema resolvido, acabei de comprar uma papete linda para ele!

beijos

Anônimo disse...

Folha de São Paulo 19/10/2009
Escolas particulares vetam as sandálias Crocs, moda entre as crianças
TALITA BEDINELLI
da Folha de S.Paulo

Escolas particulares de São Paulo têm recomendado aos pais que não mandem seus filhos para as aulas usando as sandálias Crocs, verdadeira febre entre as crianças. Os colégios acreditam que o sapato pode causar tropeços e quedas porque o solado feito de croslite (uma resina de alta aderência) segura o pé no chão quando a criança corre. O calçado também é folgado, o que pode desequilibrar.

SP anuncia plano para reduzir número de alunos por sala
Promotoria quer crianças de até 4 anos nas creches de SP
As Crocs foram criadas no Colorado (EUA) para serem usadas em barcos justamente devido à sola antiderrapante.

Patricia Araujo/Folha Imagem

Gabriela, 4, que esfolou o joelho após "grudar" os pés no escorregador
Não existem dados médicos que comprovem os acidentes. Mas as escolas observaram que a frequência de tropeços no recreio aumentou após a moda das Crocs.

"As crianças passaram a cair mais. Quando íamos ver, estavam com a sandália. Resolvi conversar com alguns pais que são médicos e eles alertaram para o perigo", diz Tânia Fonseca Pinto, coordenadora da educação infantil da escola Recrearte, na Vila Mariana (zona sul de SP).

O colégio pediu, então, que os pais deixassem as sandálias em casa quando mandassem os filhos para as aulas. O mesmo ocorreu no Pentágono e no Albert Sabin.

No início, o veto provocou resistência dos pais. "As Crocs são muito práticas. É só colocar no pé da criança e pronto", diz a advogada Patrícia Mozes, 32. Mas ela passou a apoiar a medida depois que os dois filhos sofreram pequenas quedas com o calçado.

Henrique, 2, subia uma parede de escalada quando a Crocs "grudou" no brinquedo, prendendo o pé. Resultado: um machucado no rosto. Já Gabriela, 4, teve os pés grudados no escorregador e esfolou os joelhos. "Percebi que a relação custo/benefício não é tão boa", diz a mãe, Patrícia.

Júlia, 5, também já tropeçou algumas vezes com as Crocs. "Ela ia para a escola com a sandália, mas sei que não é adequado. As crianças correm muito, precisam usar sapatos que dão mais estabilidade", diz a mãe Nilza Brandini, fisioterapeuta.

Túlio Diniz Fernandes, ortopedista do Hospital Sírio-Libanês, concorda. "Um calçado deve ser protetor para a mecânica do pé. Essa sandália é completamente solta, larga, de modo que o pé da criança pode dobrar, e tem um solado grosso. É exatamente o contrário do que se entende por calçado protetor."

Túlio diz, entretanto, que não tem atendido muitos pacientes que sofreram acidentes com as Crocs. "Provavelmente são quedas pequenas, que não chegam ao hospital."

Outros países

A Crocs diz que respeita a decisão das escolas, mas afirma que o produto é vendido em vários países e que desconhece locais onde tenha havido orientação parecida.

Em 2008, o governo japonês pediu ao fabricante que mudasse o design da sandália, pois trazia o risco de prender os pés das crianças em escadas rolantes. Segundo a assessoria de imprensa da Crocs, porém, não houve mudanças, pois não foi comprovado que o calçado tinha problemas.

O produto ganhou uma etiqueta alertando aos usuários que pisem no centro do degrau das escadas rolantes.

Beta Bernardo disse...

Lu, você sempre tem essa capacidade, de formar um fórum por aqui. E é natural, não é forçado. Escreve e o povo comenta e traz ideias e contribuições.
No começo eu não gostava da Crocs, achava feinha. MAs depoios do Arthur vi umas num tamaninho que achei fofa. Adulto usando eu acho o Ó!
Mas enfim, eu não sabia desses acidentes e fiquei chocada!
Ainda bem que não foi nada grave e que a Fê já providenciou um calçado fofo e fashion pra substituir! ;) Tia é tudibom nessa vida, né, Fê?
Acho que o Gui apronta pra você ter o que contar no blog e ele poder rir de rolar qdo ficar maior e ler isso aqui! srsrsrs
Agora que o susto passou podemos rir. É a parte boa dos problemas... eles passam! ;)
Amei nossa tarde. Saudades de almoçar juntas todo dia... fomos às forras hoje, né?
Sem contar que pude colcoar a gostosa pra dormir... deixa ela ficar do tamanho do Arhur. Vou apertar meeermo e não quero nem saber! srrsr
Bjks procê. O do Gui é no galeto que ele arrumou na testa.
Beta

Uma Mulher de Fases disse...

Lucia, eu particularmente acho as CROC's bem feinhas, mas parece que a molecada gosta do estilo despojado, eu além de achar caríssima, não gostei dos modelos "genéricos" e também por ouvir relatos de mães que tiveram pequenos acidentes por causa disso.
Aqui onde eu moro é febre nas adolescentes, eu acho sem graça e deixa o pé enorme...Pra criança, nada melhor que aquelas sandálias que fecham com fecho de metal, pois até velcro pode soltar e abrir...
Vou mais além, mesmo no calor, prefiro que o Gabriel (6 anos) use meia e tênis, fica quente, eu sei, mas moleque anda chutando o chão e eu perdia as contas de quantos "tampões" ele já tirou dos dedões! rs!
Beijos

angelicaproba disse...

Ah...Lúcia que susto!tbm tenho um filho de 3 anos e ele sempre cai qdo corre de chinelos,fico sempre atenta...mas olha, amo seu blog de paixão, só agora fiz meu cadastro para ser segudora,mas acmpanho vc desde muito tempo, nem lembro qdo,e adoro seus bolos, suas festas e o blog criative-se! vcs são d+ adoraria
conhecer vcs pessoalmente! bjo e aguenta S2 ser mãe é padecer no paraíso.

Kelly - Retrato de Mulher disse...

Menina.... Que Susto ! ainda bem que não foi nada mais grave !
Eu já tinha visto muitas crianças usando essa sandalia, e até adultos tbm, mas nunca cogitei a possibilidade de comprar uma pro Matheus pois achava mesmo que por ela ser meio larguinha podia causar alguns acidente, mais nada assim tão serio qto os relatos que li nos seus comentarios.
Se antes eu não queria, agora é que não quero MESMO !

Melhoras para o seu pequenino !
Bjusss

Vida da Ká disse...

Lu, o crocs é canadense, mas MUITO usado aqui na Austrália.
A Maria Eduarda tem umas 4 ou 5.
Só deixo ela usar com ele fechado atrás. Ela é mais velha, então toma cuidado, não corre e tal...acho que pra criança pequena não seria o ideal mesmo!
Beijinhos,
Karina

Ana Carolina Peixoto disse...

Lu, acho que de agora para frente os eventos de caídas serão mais constantes. Serão muitos galos, pontos... rs! É a fase da arte, de não saber reconhecer o perigo. Precisamos ficar atentos, mas não sei se vai adiantar muito. rs! A Malu ama a croc. A Malu nunca caiu com ela. Olha que ela usa um número bem maior do que o dela (é o menor que existe aqui no Br). Eu, inclusive, acho que a croc é muito boa para a Malu andar na varanda molhada em eventos de piscina. Bom, vou ficar mais atenta.
Bjs,
carol

Anônimo disse...

Acidentes em escada rolantes vão acontecer com qualquer sandalia, a croc só foi sorteada devido a sua forte aderencia ao chào devido ao material que ela ë feita. Correr de chinelo leva ao tombo, deixar a criança pequena andar alem da linha amarela da escada rolante é loucura tambem. Enfim Croc é feia e super aderente, mas as crianças adoram e vendem milhões mundo afora.

非凡 disse...

I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

Danizinha disse...

Nossa Lucia, que susto com o seu pequeno, mas que bom que está tudo bem agora. Lucia, eu queria me aventurar e tentar fazer uns cup cakes para o meu chá de cozinha e vc sempre posta cada um mais lindo no criative-se. Gostaria de saber quanto tempo antes do evento eu poderia começar a fazê-los e como decorá-los, vende pasta americana pronta? Ou então como se faz aquele creminho tipo glacê que coloca em cima? Muita pergunta né. Beijocas e obrigada

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

Andreza disse...

Nossa vc me deixou preocupada!! comprei essa sandália ontem para meu filho!!! não vou deixa-lo usar!!! melhoras para o Gui!!
beijossssssssss

Meu pequeno Príncipe disse...

Olá, nossa que susto hein!
Quanto a Croc o meu filho usa e ao contrário do Gui ele não tem problema algum com ela, se adaptou muito bem anda até melhor que com as outras sandálias, acho que pq ela é levinha.


bjus

Edna Fagundes Liepkan disse...

Não posso deixar de comentar:
Eu tenho 67 anos e comecei usar uma crocs a uns meses. Ela breca e eu caí em julho; aí no inverno preferi tenis, agora inventei de usar e hoje cai do mesmo jeito. pensei: "será que eu não estou levantando o pé suficiente?" Aí resolvi pesquisar e achei inúmeros casos de quedas por causa do mesmo motivo. Acho que não sou eu que não estou funcionando...hehe

Edna Fagundes Liepkan disse...

Não posso deixar de comentar:
Eu tenho 67 anos e comecei usar uma crocs a uns meses. Ela breca e eu caí em julho; aí no inverno preferi tenis, agora inventei de usar e hoje cai do mesmo jeito. pensei: "será que eu não estou levantando o pé suficiente?" Aí resolvi pesquisar e achei inúmeros casos de quedas por causa do mesmo motivo. Acho que não sou eu que não estou funcionando...hehe