segunda-feira, setembro 20, 2010

Feira da Cultura

Na última sexta, aconteceu a primeira feira da Cultura da vida de Guilherme. Há semanas que vínhamos fazendo pesquisas e coletando alguns objetos em casa sobre os países e regiões estudadas.

A turminha do Jardim 1, ficou responsável em representar a região norte de nosso país e em pesquisar sobre a Espanha. Para nós ficou bem fácil fazer a pesquisa sobre a Espanha, já que viemos de uma família espanhola, escolhemos dentre alguns suvenires da casa da minha mãe, uma escultura de Don Quixote e uma miniatura da Sagrada Família, meu pai, que sempre foi excelente contador de histórias, ficou incumbido de contar tudo para ele! Achei legal que até pesquisa computador eles fizeram juntos. Eu optei por enviar a pesquisa aos poucos, assim dia após dias nós falávamos em casa sobre um assunto que estava sendo trabalhado na escola. A experiência foi deliciosa!

Nos dias que antecederam a festa, o pequeno estava super animado e só falava na feira cultural! Já cantarolava em casa a música de sua apresentação e mostrava alguns movimentos da coreografia que iria apresentar.

No dia da festa, organizei tudo no trabalho, para que às 16 horas em ponto pudesse estar na porta da escola aguardando o início da festinha. Depois de um papinho rápido com as outras mães, fomos avisados que a apresentação ia começar. Fomos encaminhadas até o pátio e sentamos nas cadeirinhas usadas por eles durante as aulas.

Eu, não consigo me conter, fico absolutamente encantada ao ver o Guilherme durante as apresentações da escola! Quando vejo o meu filho entrando, monto um sorriso que não desmonta mais! Desta vez, achei que ele estava especialmente desenvolto e desinibido, um rapazinho mesmo! Super integrado com os amigos e com a letra da música e a coreografia decoradinha. Como a fantasia era de índio – eles apresentaram uma coreografia que representava os bois Caprichoso e Garantido, de Parintins, região norte do Brasil – o meu moreno se destacou! Não consigo conter a corujice, ele estava lindo demais!!!!

Uma pena o Fabio não ter conseguido chegar a tempo com a máquina! Ainda bem que em tempos modernos sempre tem um celular para salvar a pátria não é mesmo?






Foi ao fim da dança, que pedi para a tia Cátia, responsável pelo berçário, para trazer a Dudinha para mim. A gostosinha ainda não pode participar destes eventos, ela ainda não anda... Confesso que até o final, fiquei na esperança que ela tivesse alguma participação especial, mesmo que no colo das tias, mas não rolou. De qualquer forma, ela marcou sua presença quando veio para o meu colo. É impressionante como os amiguinhos do Guilherme ficam encantados com o fato do amigo ter uma irmã! Todos eles, vem falar com ela, passar a mão na cabeça, dar beijinho. Uma graça! As mães também comentam comigo que eles dizem em casa que querem uma irmã como a do Guilherme Bernardi. Acho que estão todos passando pela fase do “Eu quero um irmão!”

Depois disso, o pai conseguiu chegar, e visitamos juntos as salinhas, onde estavam expostos os trabalhos sobre os países e regiões do Brasil, que foram estudados. Em cada estande, pudemos provar as comidas e bebidas típicas. Na sala do Gui tomamos Guaraná e tiramos fotos em um bonecão espanhol, estava tudo bem legal e criativo.

Adoro estes eventos na escola, acho que é importante esta porta de entrada sempre aberta entre os pais e a escola. Lá, até por ser bem perto da nossa casa, temos uma sensação boa de que a escola é uma extensão do nosso lar... Nas últimas semanas, tenho pensado muito em quanto será sofrida a inevitável troca de escola, quando ele for para o primeiro ano... Muitas vezes já pensei em colocá-los em outra escola, que me seduz demais, mas quando penso no quanto o Guilherme vai sofrer, sinto medo... Mas isso é um assunto para debatermos em outro post... Volto logo!!! Beijos!!!

8 comentários:

Marta disse...

Acho super importante tb esses eventos promovidos pelas escolas! A interação com os pais e outras turmas!
Ele está uma graça e ficou super à vontade!
Beijocas

:: Nanda :: disse...

Que lindo!
Sábado fui na amostra cultural dos meus sobrinhos tb... me emocionei ao ver aqueles rapazinhos apresentando um texto decorado..um sobre o chocolate e outro sobre as cores.
Fico orgulhosa dessa criançada esperta que sempre nos deixa de boca aberta.

Quanto à mudança da escola, tenho vivido isso com meu sobrinho mais velho que mudou de escola esse ano e tem algumas diferenças com os amiguinhos novos. Mas falo pra mãe dele que são sofrimentos necessários para o crescimento e é menos dolorido passar por isso agora, pois eles não guardam magós uns dos outros.
Por mais que nos doa ver ele passar por algumas situações, eu acredito que é melhor agora do que depois de mais velho, pois ai sim deixam sequelas.

Parabéns pelo filhote!

bjos

Andreza disse...

Olá Lucia!! tudo bem? Seu índio estava lindo!!! Gosto muito de escolas que incentivam a participação dos pais em eventos dentro da escola.. por mais que sejam simples, para os nossos pequenos é o evento do ano..rsrs
Obrigada pela informação com relação ao pediatra, vou marcar uma consulta com ele para o Danillo, estou precisnado de um pediatra assim linha dura..rsrs
Beijosss

Casa Corpo e Cia. disse...

Oi Lucia, já faz tempo que eu estou sempre aqui lendo, admirando e aprendendo. Sua família é linda, parabéns. A correria é grande e nem sempre consigo comentar, mas estou sempre ligada no que está acontecendo aqui e no Criative-se, que adoro! Saiba que sou sua fã.
Uma linda semana e muito obrigada pela visita.
BjO!

Alethéa disse...

Coisa mais linda... é muito bom ver um filho crescer, evoluir...

A escolinha deles parece ser muito boa!

Grande abraço!

Please, please, fotos da Dudinha!

Priscila disse...

Impressionante como o Gui está mudando, né, Lu?
Ele está ficando mais magrinho e comprido, exatamente como aconteceu com o meu Gui a partir dos 2, 3 anos.
Tá com uma carinha de sapeca na foto!!
A escolinha deles ganha muitos pontos por ser tão perto da sua casa e da casa da sua mãe, mas quando vc conhecer a escola do Gui tenho certeza que vai se render, kkkkkk!!!
Bjs.

NiNe disse...

Q indiozinho mais totoso!!!!

Q deus o abençoe!!!

Bjoes

marsella disse...

Oi Lucia, meu filho mais velho está no ultimo ano da creche ou seja jardim III, e ano q vem vai ter de sair. Nossa, já estou com o coração apertadinho. Comecei a procurar colégios. Vamos ver! Depois te conto como foram as mudanças. bjs